A mãe do craque argentino faleceu no último sábado, dia 19, aos 81 anos de idade

Muito abalado pela morte de sua mãe, Dalma Franco , o eterno craque Diego Maradona agradeceu nesta quinta-feira ao "futebol argentino e mundial" pelas condolências e demonstrações de respeito que recebeu após o falecimento, ocorrido no sábado passado.

Leia mais: Maradona acompanha enterro da mãe em Buenos Aires

Em carta aberta à imprensa, Maradona disse que com a morte de "Dona Tota" , como a chamava, perdeu sua "namorada" e "rainha". "Nos vemos no céu, mamãe! Te amo Tota! Para toda a vida!", disse o astro argentino na carta, enviada junto com uma reprodução da última foto que tiraram juntos. "Quero agradecer às pessoas pelo minuto de silêncio nos estádios com todo o respeito, ao futebol argentino e mundial", afirmou.

Veja ainda: Morre a mãe de Diego Maradona

Maradona agradeceu também às mensagens de condolência, entre elas a da presidente argentina, Cristina Kirchner, e uma dos moradores de Villa Fiorito, bairro portenho onde ele nasceu e foi criado. Dalma Franco morreu no último sábado aos 82 anos, vítima de uma doença cardíaca.

Maradona viajou de Dubai, nos Emirados Árabes, onde comanda o Al Wasl, para comparecer ao velório e ao sepultamento, realizados na cidade de Bella Vista, na província de Buenos Aires .
Maradona acompanha o enterro de sua mãe na Argentina
AP
Maradona acompanha o enterro de sua mãe na Argentina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.