Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Maradona admite assumir seleção dos Emirados Árabes

Ídolo argentino e ex-técnico da seleção comanda atualmente o Al Wasl e disse que acumularia as duas funções

AE |

selo

AP
Maradona posa com o presidente do Al Wals em sua chegada aos Emirados Árabes Unidos
Diego Maradona admitiu nesta quarta-feira o desejo de assumir o comando da seleção dos Emirados Árabes Unidos, que está sem treinador desde setembro. O astro argentino trabalha atualmente como técnico do Al Wasl, um dos clubes do país, e disse que não teria problema em exercer as duas funções simultaneamente.

Leia mais: Maradona ataca Blatter sobre racismo

O nome de Maradona tem sido especulado na imprensa local como candidato ao cargo na seleção desde que o esloveno Srecko Katanec foi demitido após a derrota para o Líbano em setembro. Com um técnico interino, os Emirados Árabes Unidos perderam os três jogos que fizeram depois disso nas Eliminatórias da Copa de 2014.

Confira ainda: Maradona diz que Pelé 'tomou remédio errado' ao comparar Neymar a Messi

Quando perguntado se aceitaria assumir a seleção, Maradona respondeu nesta quarta-feira que "seria um prazer", mas ele não quis dizer se a federação local já lhe ofereceu o cargo. Com a experiência de ter comandado a Argentina na Copa de 2010, na África do Sul, o astro argentino é o treinador do Al Wasl desde maio.

Leia tudo sobre: maradonaargentinafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG