Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Manuel Da Lupa é reeleito presidente da Portuguesa

Dirigente teve que se utilizar de manobra jurídica para poder ser candidato à segunda reeleição, o que não era permitido no estatuto do clube

Gazeta Esportiva |

Manuel Da Lupa foi reeleito o presidente da Associação Portuguesa de Desportos em pleito realizada na noite desta terça-feira, na sede do clube, e comandará o clube pelo próximo triênio (2011/12/13). Devido ao trânsito e às chuvas na cidade de São Paulo, o pleito contou apenas com a participação de 323 dos 374 conselheiros habilitados a votar, sendo que 171 escolheram, 148 apontaram, e dois se abstiveram.

No meio do ano, a rodada eleitoral já havia sido alvo de muita polêmica pelos lados do Canindé, já que Manuel Da Lupa teve que se utilizar de uma manobra jurídica para poder ser candidato à segunda reeleição, algo que não era permitido no estatuto da Portuguesa.

Durante a apuração, nada de confusões e brigas. Com os portões abertos ao público, os torcedores se juntaram aos membros do Conselho e conversaram pacificamente observando cada voto ser computado no telão instalado no ginásio.

A única exceção era um senhor que bradava a todos muito empolgado. O torcedor, que não quis revelar nome nem idade, se mostrava impaciente com a demora e falava sempre "Vamos logo" e "Está demorando demais" para os auditores da eleição.

Conselho fiscal
Na votação para o COF (Conselho de Orientação Fiscal), que nomeia os 11 membros para o mesmo período, além de seis suplentes, a Chapa vencedora foi a "Futebol Total", do oposicionista Ilídio Lico. No total, dos 318 votos válidos (um branco e quatro nulos), 160 foram para os opositores e 158 para os situacionistas, com Orlando Cordeiro de Barros (133) sendo o mais votado.

Leia tudo sobre: futebolportuguesa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG