Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mano visita instalações militares para abrigar seleção olímpicas

Equipe que disputará Jogos de Londres deverá treinar na Escola de Educação Física do Exército e na sede do Flamengo

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

Vicente Seda/iG
Mano Menezes caminha na Escola de Educação Física do Exército, na Urca
O técnico Mano Menezes e o diretor de seleções da CBF, Andrés Sanchez, visitaram na tarde desta terça-feira a Escola de Educação Física do Exército, na Urca, zona sul do Rio. As instalações, com vasto histórico no esporte nacional, onde até Pelé já treinou, deverão abrigar, ao lado da sede do Flamengo, na Gávea, a seleção olímpica, que se preparará para os Jogos de Londres entre 10 e 17 de julho. O embarque da equipe para a Inglaterra está previsto para o dia 18.

Veja também: Sem Kaká, convocação da seleção tem R10 e novidade no gol

Nenhum dos integrantes da delegação concedeu entrevistas. As instalações militares contam, além da vista privilegiada, com moderna sala de musculação, alojamentos e campo de grama natural e padrão internacional. Mais cedo, quando Mano concedeu entrevista coletiva para falar a respeito da lista de convocados para o amistoso contra a Bósnia, dia 28, na Suíça, para o qual chamou apenas oito atletas com idade olímpica, ficou nítido que os rumores sobre a possível renúncia de Ricardo Teixeira da presidência da CBF e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014 incomodam.

Confira ainda: Mano promete convocar mais olímpicos para jogos nos EUA

Mano se esquivou das perguntas sobre o tema, bem como o diretor de comunicação da entidade, Rodrigo Paiva. Normalmente receptivo à resenha com os jornalistas, Paiva evitou conversar demais e, com a insistência das perguntas, se limitou a dizer: "Estou em contato direto e nada disso foi falado. Inclusive não há problema de saúde como estão dizendo por aí".

Leia também: Mano Menezes se esquiva de perguntas sobre saída de Teixeira

O técnico da seleção prometeu convocar um maior número de atletas com menos de 23 anos para os três amistosos que serão realizados nos Estados Unidos, no fim de maio e início de junho, contra Dinamarca, México e Argentina.

"Foi possível ver durante todo esse período o mais importante para ser visto em relação à capacidade desses jogadores (com idade olímpica), mesmo que não tenham atuado. Treinaram com a gente, observamos comportamento, atitudes, disciplina, e assim você vai selecionando. Vamos fazer isso com um percentual maior em maio e junho, para os jogos nos Estados Unidos, e depois faremos uma preparação final, a partir do dia 9, com dois ou três jogos-treino no máximo para ter um entrosamento de equipe que precisamos", explicou.

Vicente Seda/iG
Imagem da Escola de Educação Física do Exército, no Rio de Janeiro

Leia tudo sobre: mano menezesseleçao brasileiraLondres 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG