Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mano quer observar jovens revelações contra a Argentina, em Belém

Astros que atuam na Europa não estarão disponíveis, então o técnico comemorou a chance de poder convocar jogadores diferentes

AE |

selo

O técnico Mano Menezes não vê problemas em poder escalar apenas jogadores que atuam no Brasil nos dois amistosos frente à Argentina, em setembro, na disputa do Superclássico das Américas, novo nome da antiga Copa Roca. O treinador, pelo contrário, até comemora a oportunidade de observar atletas que não têm espaço quando todos os astros que atuam na Europa estão disponíveis. A Argentina terá que fazer o mesmo.

"É uma oportunidade muito interessante para as duas seleções reunirem jogadores que atuam em seus países. No caso da seleção brasileira, poderei ver jogadores que têm potencial, mas que acabam ficando de fora em outras convocações", disse Mano.

O jogo de ida do Superclássico será no dia 14 de setembro, com mando argentino. O Brasil recebe a partida de volta, no dia 28 do mesmo mês, em Belém. As convocações serão feitas por meio do site da CBF, cinco dias antes de cada confronto.

"Será muito bom reviver um confronto que durante muitos anos foi responsável pela construção dessa grande rivalidade e também pela formação das grandes seleções que são Brasil e Argentina", completa Mano Menezes.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG