Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mano Menezes diz a atletas da Inter de Milão que não os esqueceu

Lúcio, Maicon e Júlio César já conversaram pessoalmente com o treinador sobre seleção

Marcel Rizzo, enviado iG a Abu Dhabi |

No encontro que teve com os jogadores da Inter de Milão, em outubro, o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, disse que não os esqueceu. O goleiro Júlio César, o lateral-direito Maicon e o zagueiro Lúcio não foram mais convocados desde a derrota do Brasil para a Holanda, em julho, pelas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

"O Mano foi claro e disse que não se esqueceu de ninguém e que todos podem ter oportunidade se o trabalho no clube estiver bem feito. Eu ainda sonho com a seleção brasileira, não acho que encerrei minha participação”, disse Lúcio, de 32 anos, capitão da equipe comandada por Dunga no mundial africano. Os atletas conquistaram neste sábado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o Mundial de clubes da Fifa. A Inter de Milão venceu o Mazembe, da República Democrática do Congo, por 3 a 0.

Os três foram titulares na Copa e Mano Menezes, quando assumiu, prometeu uma renovação. Dos 11 principais atletas de Dunga na África do Sul, somente Robinho continua como titular. No gol está jogando Victor, do Grêmio, na lateral direita Daniel Alves, do Barcelona, e a zaga está sendo formada por Thiago Silva, do Milan, e David Luiz, do Benfica.

“A conversa foi boa, ele deixou tudo em aberto para as próximas convocações”, disse Júlio César. Com a insistência da reportagem em saber se Mano prometeu convocá-lo para o próximo amistoso, dia 9 de fevereiro de 2011 contra a França, em Paris, o goleiro sorriu “Vamos esperar, vamos esperar”, disse o arqueiro de 31 anos.

Decepção
Júlio foi o jogador que ficou mais abalado depois do fracasso na África do Sul. Chorou bastante e se culpou pela falha no primeiro gol holandês na derrota por 2 a 1. Logo que assumiu, Mano ouviu de um jogador que estava naquele jogo que não queria ser convocado para os primeiros jogos. Imaginou-se ser Júlio César, mas nunca houve a confirmação.

Mano Menezes assistiu a partida entre Inter de Milão e Tottenham (da Inglaterra), pela Liga dos Campeões, dia 20 de outubro - vitória por 4 a 3 da equipe italiana. Além de conversar com os atletas da Inter, Mano falou com jogadores do Milan, entre eles Ronaldinho Gaúcho. O meia, ao contrário dos jogadores do time rival, acabou convocado para o jogo seguinte da seleção, o amistoso contra a Argentina no Catar.

Apenas o garoto Philippe Coutinho, atacante de 18 anos, vem sendo chamado por Mano no elenco da Inter de Milão e está convocado também para participar do Sul-Americano sub-20, em janeiro e fevereiro de 2011 no Peru. Mas, lesionado, Coutinho não sabe se será liberado para disputar o torneio, que é classificatório para os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres.

Leia tudo sobre: inter de milãointernazionalejúlio césarlúciomaicon

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG