Técnico recordou que seleção de Dunga perdeu em 2007 na estreia. Segundo ele, time está organizado

Mano Menezes durante coletiva nesta quinta-feira na Copa América
AP
Mano Menezes durante coletiva nesta quinta-feira na Copa América
Nesta quinta-feira, dois dias antes de comandar a equipe na segunda partida da seleção brasileira na Copa América, contra o Paraguai, Mano Menezes diz ver o time organizado em campo. O técnico minimizou o empate com a Venezuela e chegou a lembrar o tropeço de 2007, com Dunga no comando, quando o Brasil perdeu na estreia, se recuperou depois e no final levou o título.

"Todo trabalho que nós planejamos, logicamente, é para 2014. Os dois últimos times que disputaram a Copa America estrearam com derrota e com empate. É o meu limite”, afirmou o treinador. O técnico, entretanto, se confundiu, pois em 2004, quando também ganhou o título, o Brasil, treinado por Carlos Alberto Parreira, venceu o primeiro jogo contra o Chile por 1 a 0. Em 2007, a equipe perdeu para o México por 2 a 0 na estreia.

Questionado sobre a formação da equipe, Mano Menezes confirmou que fará mistério sobre os titulares que enfrentarão o Paraguai . Ele disse que viu o time bem em campo, apesar do empate com a Venezuela. “Coletivamente a seleção se manteve organizada. Não senti ninguém tentando resolver de maneira errada”, afirmou.

“Faltou brilho”
O técnico acredita que faltou brilho dos jogadores para o Brasil conseguir vencer na estreia e espera que isso aconteça na segunda partida. “Vejo o papel do técnico de forma preponderante nessa linha, de organizar a equipe. Aquilo que pode ser acrescentado depende do brilho pessoal dos jogadores. E penso que temos brilho das individualidades para melhorar”, afirmou.

O Brasil enfrenta o Paraguai no sábado, às 16h (de Brasília), em Córdoba. Assim como a seleção brasileira, o rival da segunda rodada da Copa América empatou na estreia. Ainda na primeira fase, os brasileiros enfrentarão o Equador, na próxima quarta-feira, em Córdoba.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.