Tamanho do texto

Treinador manteve mistério sobre escalação contra o México, mas Hulk participou novamente do treino

Lucas durante o treino em Torreón
Mowa Press
Lucas durante o treino em Torreón
Pela primeira vez desde o final da Copa América , em julho, Mano Menezes resolveu fechar um treinamento. Para enfrentar o México nesta terça-feira em Torreón (22h30 de Brasília), o treinador não permitiu observação da maior parte do trabalho da noite desta segunda-feira, liberando apenas a entrada de câmeras e jornalistas quando os jogadores faziam o recreativo tradicional de véspera de partidas. Contra Alemanha, Gana e nos dois jogos frente a Argentina, pelo Superclássico, os jogos pós-competição continental, não houve mistérios.

Veja também : Dono de moderno estádio banca seleção e festa

O iG apurou que Hulk , a novidade do trabalho de domingo, foi mantido como titular no trabalho fechado, focado em cruzamentos defensivos e ofensivos. Na entrevista, porém, Mano não quis confirmar a escalação. Na entrevista, porém, Mano não quis confirmar a escalação. A dúvida do treinador é se Lucas, do São Paulo, conseguirá atuar como centroavante ou se será necessário colocar Fred para atuar ao lado de Hulk e Neymar.

Veja também: Incansável dentro de campo, Neymar admite tédio com a “prisão”

“Diferentemente (da Costa Rica), vamos deixar a escalação para momentos antes do jogo. Tenho uma dúvida, trabalhamos uma formação ontem (domingo), trabalhamos uma outra formação hoje (segunda), alguns aspectos diferentes, vamos estudar bem, sentir a confiança dos jogadores”, disse Mano. Como o jogo é considerado por ele mais complicado, ele achou importante trabalhar a marcação em lances de escanteio do adversário.

Leia também: Hulk toma lugar de Fred e será titular da seleção contra o México

“Em jogos mais parelhos essa situação de bola parada precisa ser melhor trabalhada”, disse o treinador. Ele avaliou que com Hulk, no lugar de Fred, a seleção ganha em velocidade, apesar de o time jogar sem um centroavante fixo.

Estratégia
Na Copa América da Argentina a estratégia não deu certo, já que o Brasil foi eliminado nas quartas de final para o Paraguai, perdendo nos pênaltis (quando errou todas as quatro cobranças). Na competição, Mano fechou treinamento antes de duas das quatro partidas - foi apenas uma vitória (contra o Equador) e três empates (duas vezes Paraguai e Venezuela).

O México , 20° colocado no ranking da Fifa, é um adversário considerado forte por Mano Menezes, que não tem tido bons resultados contra seleções mais bem ranqueadas – venceu a Argentina na última partida (10° colocado), mas que viajou ao Brasil apenas com atletas que atuam dentro do país (uma regra para atuar no Superclássico). Contra Alemanha, França e Argentina principal houve derrota e frente a Holanda empate sem gol.

Leia ainda: Brasileiros vivem com medo e presenciam terror onde Brasil jogará

Ronaldinho Gaúcho, que havia sido poupado de parte do treino de domingo, trabalhou normalmente e está confirmado para a partida, assim como Neymar , que Mano planejou poupar de um dos amistosos no tour pelas Américas do Norte e Central, mas que mudou de ideia pelas dificuldades encontradas. Na sexta-feira o Brasil venceu a Costa Rica por 1 a 0, gol do atacante do Santos.

Jogadores se divertem ao final do recreativo em Torreón
Mowa Press
Jogadores se divertem ao final do recreativo em Torreón

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.