Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mano fala em usar Ronaldo com limites na despedida da Seleção

Técnico diz que ex-jogador não será usado em grande parte do jogo em sua homenagem, contra a Romênia, em junho

Paulo Passos, iG São Paulo |

Com limites. Assim Mano Menezes pretende utilizar Ronaldo na sua partida de despedida com a seleção brasileira, no amistoso contra a Romênia, em junho, no Pacaembu . Durante visita ao estádio da partida, o técnico admitiu que o ex-jogador não será usado em grande parte do jogo, sem especificar quanto tempo ele atuará, nem se começará no banco de reservas ou no time titular.

“Pela condição que o Ronaldo está, condição atlética, precisa respeitar o limitador de tempo para que seja algo bonito para as pessoas que vão ver, porque é o motivo de muitas pessoas que virão aqui”, afirmou Mano Menezes.

Antes do amistoso, Ronaldo fará um “intensivão” de preparação física, em São Paulo. Entre 20 e 30 dias antes da partida ele trabalhará com bola e fisicamente no CT do Corinthians, como revelou o iG.

O técnico deixou claro que, mesmo com a festa, o objetivo final da partida tem que ser a vitória. O jogo contra a Romênia, no dia 7 de junho, deve ser o último do Brasil antes da Copa América.

“Exatamente porque o adversário é competitivo e quer ganhar da seleção brasileira. Nós não queremos fazer uma festa para uma pessoa especial que termina com o resultado negativo. Vamos respeitar, então, esse critério”, disse o técnico.

Mano Menezes foi econômico ao comentar a condição física do ex-jogador. A última partida de Ronaldo foi em fevereiro contra o Tolima pela Libertadores da América. Dias depois, o atacante anunciou a sua aposentadoria.

O técnico deu a entender que Ronaldo começará jogando a partida. “Você sabe que não gosto muito de deixar o Ronaldo no banco. Podemos criar um mecanismo para não deixá-lo. Precisamos entender que vai ser uma festa de despedida, tem de ser bem executada, mas ela não pode ter uma interferência tão grande dentro do jogo normal”, disse Mano Menezes.

A convocação para o amistoso acontece no dia 19 de maio. Além do amistoso de despedida de Ronaldo, o Brasil jogará uma partida contra a Holanda, no dia 4 de junho, em Goiânia.
 

Leia tudo sobre: Seleção brasileiraRonaldoMano Menezes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG