Treinador não descartou retorno, mas pediu que jogadores apresentem atuações do passado em seus clubes

nullSe em outros momentos da carreira, Kaká , Ronaldinho Gaúcho e Adriano eram presenças praticamente certas nas convocações da seleção brasileira , a situação mudou para os três jogadores. Apesar de não descartar os nomes, o técnico Mano Menezes pediu que Kaká e Ronaldinho Gaúcho repitam grandes atuações que tiveram no passado em seus clubes, para que possam voltar à seleção. O treinador também lembrou que o atacante Adriano ainda precisa se recuperar da lesão sofrida no tendão.

"O treinador não tem o direito de excluir previamente alguns jogadores, só em algum caso extremo. Mas são situações diferentes. O Adriano está lesionado. O Kaká ficou um grande tempo fora e agora está voltando aos poucos e o Ronaldinho vem jogando com mais frequência. O que determinante será o rendimento, já que eles estabeleceram parâmetros altos e é esperado isso deles. Nos ensinaram assim. Temos de valorizar os que estão confirmando o destaque", disse Mano Menezes.

Mano também destacou a importância da seleção voltar a ser modelo de futebol competitivo e bem jogado fora do país. "Respeito muito o trabalho de todos, mas futebol é cíclico. A referência que passa a predominar é do ganhador, então a atual referência é a Espanha, que ganhou a Copa, assim como Brasil já foi muitas vezes referência. Acho que precisamos voltar a ser referencia e tenho confiança nisso", disse o treinador da seleção brasileira.

A seleção terá dois amistosos na sequência do planejamento de Mano Menezes. O primeiro no dia 4 de junho, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, contra a Holanda. Três dias depois o adversário será a Romênia, em partida realizada no Pacaembu, em São Paulo. Em julho, a seleção disputará a Copa América, realizada na Argentina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.