Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mano diz que jogo foi igual e credita derrota à falta de experiência da sua equipe

Segundo o técnico, Ronaldinho foi bem e ajudou na armação das jogadas, mas equipe pecou nos últimos minutos

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860460049&_c_=MiGComponente_C

A primeira derrota à frente da seleção brasileira, Mano Menezes creditou à falta de experiência do time. O único gol da partida foi marcado por Lionel Messi, aos 46 minutos da etapa final.  Segundo o técnico, o time foi bem, mas não poderia ter deixado a bola cair nos pés do atacante, já nos acréscimos do tempo regulamentar.

O que faltou foi o último lance, quando a equipe estava bem e o jogo controlado. Pecamos na última bola. Ela caiu no pé de quem não pode cair, afirmou.

Para Mano Menezes, o jogo foi equilibrado e o Brasil até criou mais oportunidades que o rival. Penso que fomos um rival parelho com a Argentina. Nosso adversário chegou duas vezes nos 90 minutos, disse o treinador.

A principal novidade do Brasil no jogo desta quarta-feira, disputado em Doha, no Catar, foi a volta de Ronaldinho Gaúcho ao time. Mano avaliou como positiva a participação do meia-atacante do Milan, substituído por Douglas no segundo tempo.

Ele assumiu a responsabilidade que era sua, de armar o jogo. Talvez tenha faltando um pouco um homem mais central no ataque para definir afirmou o técnico. A substituição dele foi de ordem física, para não desgastar o jogador, completou.

À frente da seleção, o treinador acumula três vitórias, contra Estados Unidos, Irã e Ucrânia, e uma derrota, para a Argentina. O próximo jogo do Brasil será contra a França, no dia 9 de fevereiro, em Paris.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG