Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mano diz que Ganso seria titular no lugar de Ronaldinho

Técnico afirmou que se meia do Santos não tivesse se machucado, ele jogaria o amistoso contra a Argentina, no Catar

Gazeta |

Sob o comando de Mano Menezes, o meia Ronaldinho Gaúcho voltou à seleção brasileira e foi titular na derrota por 1 a 0 para a Argentina, em 17 de novembro, no Catar. Segundo o comandante canarinho, a situação seria diferente caso Paulo Henrique Ganso, do Santos, não estivesse machucado, e a própria convocação do jogador do Milan estaria em perigo.

O armador do Santos foi titular no primeiro jogo de Mano, contra os Estados Unidos, mas machucou o joelho no final de agosto e perdeu o segundo semestre inteiro, inclusive os amistosos contra Irã, Ucrânia e Argentina. "Não sei se ele (Ronaldinho) seria convocado, mas o Ganso seria titular por aquilo que vinha mostrando", confirmou o treinador em entrevista à TV Bandeirantes. "Eu respeito muito a produção que o jogador está tendo e o Ganso fez um primeiro amistoso muito bom", concluiu.

Mano também explica que, embora ambos sejam armadores, exercem funções diferentes dentro de campo. "Com o Ronaldinho nós temos que pensar até em mudar as funções dos jogadores. O Ganso é um armador que cadencia e o Ronaldinho acelera", esclareceu.

Para mudar seu panorama na seleção brasileira, Ronaldinho poderia optar por uma transferência para o Brasil, já que no clube italiano  vem sendo preterido por jogadores como o compatriota Robinho e o holandês Clarence Seedorf. A situação deve piorar, uma vez que clube de Milão contratou o meia Antonio Cassano, ex-Sampdoria.

"Acho que seria legal (ele vir para o Brasil), porque no momento ele tem tido um aproveitamento muito baixo em termos de oportunidades no Milan e seria bom para ele ter uma sequência maior de jogos", comentou.

Divulgação
Mano Menezes chamou o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho para o amistoso contra a Argentina

Disputado por Grêmio, Palmeiras e Flamengo, Mano prefere não opinar sobre qual seria o melhor destino. "Não acharia correto falar onde o Ronaldinho deveria jogar. Não cabe ao técnico da seleção brasileira. O importante é ele estar jogando, estar feliz e rendendo bem", concluiu.

Leia tudo sobre: seleção brasileiraMano MenezesGanso

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG