Técnico não deve fazer grandes mudanças no grupo que foi eliminado nas quartas de final da Copa América

Seleção brasileira volta a campo no dia 10 de agosto contra a Alemanha
EFE
Seleção brasileira volta a campo no dia 10 de agosto contra a Alemanha
O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, vai convocar nesta segunda-feira, às 10 horas (de Brasília), a lista de convocados para o amistoso diante da Alemanha, marcado para o dia 10 de agosto, em Stuttgart. A relação está cercada de muita expectativa, pois será divulgada pouco mais de uma semana após a eliminação na Copa América para o Paraguai, nas quartas de final. O Brasil empatou sem gols no tempo normal e na prorrogação, sendo eliminado nos pênaltis ao não acertar uma única cobrança.

A tendência, porém, é que seja mantida a base que disputou a Copa América. Pelo menos essa é a sinalização de Mano Menezes nas entrevistas que vem concedendo desde a eliminação para os paraguaios.

"Os jogadores estão sendo preparados para formarem a seleção brasileira que todos esperamos. Precisamos valorizar e respeitar esses jogadores, mesmo que as críticas venham a existir", disse Mano.

Uma ou outra alteração pontual pode acontecer. Por exemplo, o volante Sandro, que foi cortado no meio da Copa América por motivo de lesão, não será convocado. Em compensação, nomes que ficaram fora do torneio continental no último minuto podem ganhar uma nova oportunidade. Casos do goleiro Fábio, do Cruzeiro, e dos atacantes Nilmar, do Villarreal, e Leandro Damião, do Internacional.

Também nesta próxima segunda-feira a CBF deverá divulgar a programação para o amistoso contra a Alemanha. É possível que seja anunciado mais algum jogo ainda para esta temporada. Além do duelo contra os alemães, está agendado um amistoso contra o México no dia 11 de outubro.

A ideia do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, é que mais três jogos, pelo menos, sejam marcados até dezembro para dar ritmo ao time que, por ser o próximo anfitrião, não participará das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.