Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mancini recua e afirma que irá utilizar Balotelli diante do United

Treinador do City disse que não escalaria mais o atacante neste ano, mas explicou que achava que o jogador receberia punição maior

Gazeta |

AP
Mancini diz que acha que Balotelli receberia punição mais longa
Punido com apenas três jogos de suspensão por conta de sua expulsão diante do Arsenal, o atacante Mario Balotelli deverá voltar a atuar pelo City neste Campeonato Inglês. Após afirmar que não usaria mais o atacante nesta temporada, além de cogitar negociá-lo, o técnico Roberto Mancini recuou no discurso e avisou que o camisa 45 deverá enfrentar o United, no duelo entre os líderes da Premier League.

Leia também: Mancini diz que não escalará mais Balotelli nesta temporada

"Achei que Mario pegaria uma punição de seis ou sete jogos, por isso havia falado que não utilizaria ele nesta temporada. Ele foi suspenso por três partidas e estou muito satisfeito por isso. Ele volta a jogar diante do Manchester United ", avisou o comandante.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Diante do Arsenal, no domingo, a equipe do técnico italiano foi derrotada por 1 a 0, além de perder o Balotelli, expulso próximo do fim da partida. Antes oito pontos atrás do United, o City tirou três de diferença nesta quarta-feira, após a derrota dos rivais para o ameaçado Wiga por 1 a 0 e seu triunfo diante do West Bromwich - já sem o atacante -, por 4 a 0.

Confira ainda: Ainda sem futuro definido, Balotelli pede desculpas por expulsão

O encontro entre os times de Manchester, daqui a três rodadas, poderá deixar ainda mais indefinida a briga pelo título. Mancini, porém, ainda mantém cautela. Vendo a vantagem que o time de Alex Ferguson possui, o italiano quer apenas conseguir um novo triunfo diante do atual campeão inglês - no primeiro turno, o City goleou por 6 a 1 no Old Trafford.

"É importante para nós bater o Manchester United em casa. Com isso, conseguiríamos vencer eles duas vezes neste ano", encerrou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG