Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mancini assume culpa por rebaixamento do Guarani

De acordo com o treinador, o time de Campinas foi muito mal no segundo turno do Campeonato Brasileiro

Agência Estado |

O técnico Vágner Mancini assumiu a sua parcela de culpa pelo rebaixamento do Guarani à Série B do Campeonato Brasileiro, fato que foi sacramentado no último domingo com a derrota de 3 a 0 para o Grêmio, no Brinco de Ouro. Com o resultado, o time de Campinas apenas cumprirá tabela diante do líder Fluminense, no próximo domingo, no Engenhão, na rodada final do torneio nacional.

O treinador lamentou o fato de não ter cumprido a promessa de salvar o Guarani do descenso. "Eu disse que o Guarani não iria cair, e não foi uma vez só, justamente para formar uma onde de positivismo, mas infelizmente nós acabamos não acertando o que deveria ser acertado. E a nossa equipe acabou sucumbido a aquilo que havia feito ao longo de todo o primeiro turno. E no segundo turno foi muito mal, essa é a verdade", admitiu o treinador, em entrevista coletiva.

Em seguida, Mancini destacou a sua identificação com o Guarani e lamentou o fato de amargar o rebaixamento no time que sempre foi uma de suas paixões. "Além de ser torcedor do Guarani, joguei no Guarani, vesti a camisa do Guarani, retornei depois de 20 anos ao clube e infelizmente isso acontece na minha mão. Tenho que assumir que errei junto com todos aqueles que estão aqui dentro. Não é neste momento que vou fugir dessa situação e tenho sim a parcela de culpa", ressaltou. "O torcedor que chora pode ter certeza de que nós choramos juntos", completou.

Com a derrota para o Grêmio, o Guarani estacionou nos 37 pontos, na 18.ª posição, e ficou quatro atrás de Vitória e Atlético-GO, que curiosamente irão se enfrentar na rodada final, em Salvador, no próximo domingo, no duelo que valerá a permanência na elite do futebol brasileiro.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroguarani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG