Tamanho do texto

Donos do time de Manchester pretendem lucrar 600 milhões de libras com venda de cerca de 30% do clube

Os donos do Manchester United reativaram um plano de lançar suas ações na bolsa de valores de Cingapura depois de melhorias nas condições do mercado, relatou o jornal inglês Sunday Times.

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

Equipe de Manchester quer faturar ainda mais com o lançamento de ações
Getty Images
Equipe de Manchester quer faturar ainda mais com o lançamento de ações

A família Glazer, sediada na Flórida, pretende levantar 600 milhões de libras esterlinas vendendo entre 25 e 30 por cento do clube em uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) que o valorizaria em até 2 bilhões de libras, afirma o diário.

Um porta-voz do Manchester United disse: "Não comentamos este tipo de especulação".

O clube inglês cogitou um lançamento de um bilhão de libras em ações na bolsa de Cingapura no ano passado, mas engavetou esse plano devido à volatilidade do mercado, disse uma fonte familiarizada com o IPO em setembro à Reuters.

Nos últimos meses, banqueiros disseram à Reuters esperar que o acordo fosse ressuscitado este ano.