Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Manchester United elimina o Liverpool

Em dia de reestreia de técnico, a vitória ficou mesmo com a equipe de Ferguson, com gol de Ryan Giggs

Gazeta |

O Manchester United não se deixou abalar pela reestreia de um dos ídolos da torcida do Liverpool no banco de reservas da equipe. Na volta de , conhecido como King Kenny, o Manchester bateu os Reds por 1 a 0, com um gol de Ryan Giggs, e eliminou os rivais da Copa da Inglaterra.

A partida foi a primeira dos dois times na competição, já que os clubes da primeira divisão só entram no torneio na terceira fase. Com a vitória, o Manchester passou à quarta.

Na outra partida da Copa da Inglaterra do mesmo horário, o Tottenham conseguiu vencer o Charlton por 3 a 0, com gols de Townsend e Defoe (duas vezes).

AFP
Ryan Giggs marcou de pênalti o único gol da vitória do Manchester United

O jogo
O Manchester United começou a partida com tudo. Logo aos dois minutos de jogo, Berbatov invadiu a área e acabou derrubado na área por Agger. Em lance duvidoso, Howard Webb marcou pênalti. O experiente Giggs chamou a responsabilidade e bateu a penalidade, com categoria, abrindo o placar para os Red Devils.

Com o susto, o Liverpool teve que ir para cima do adversário, chegando muito mais ao ataque que o United. Entretanto, ainda no primeiro tempo, Steven Gerrard acabou expulso, complicando ainda mais a vida dos Reds. O meia entrou com a sola em um carrinho em Carrick e o árbitro Howard Webb decidiu mostrar o vermelho ao jogador da seleção inglesa.

A expulsão diminuiu um pouco o ímpeto do Liverpool e facilitou a vida do United, que conseguiu segurar os adversários e ter mais tranquilidade para se defender.

No segundo tempo, o United começou melhor. Logo no início, Giggs fez boa jogada pela esquerda e arrancou um escanteio, o primeiro de uma série que levou perigo ao gol do Liverpool. Acuados, os Reds quase sofreram o segundo aos dois minutos, com uma cabeçada muito perigosa de Chicharito Hernández.

Aos 23 minutos, Reina fez quatro grandes defesas em sequência. Primeiro, uma bola sobrou para Berbatov dentro da área. O atacante finalizou e Reina salvou com os pés, mandando para escanteio. Depois da cobrança, a bola sobrou para Rafael, que bateu e viu o arqueiro rebater. Berbatov também tentou novamente e o espanhol espalmou. Na sobra, Evra bateu e o goleiro mandou novamente para escanteio, salvando o Liverpool de uma derrota ainda pior.

Durante o restante da segunda etapa, o Manchester só precisou administrar o resultado, conseguindo chegar até mais ao ataque que o Liverpool, que não conseguiu pressionar e acabou eliminado.

Leia tudo sobre: InglaterraManchester UnitedLiverpoolfutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG