Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Manchester United e Arsenal, líderes do Inglês, duelam nesta segunda

Com 32 pontos atualmente, Arsenal ratificaria a liderança com uma vitória, já que o adversário tem 31 pontos e disputou um jogo a menos

Gazeta Esportiva |

Nesta segunda-feira, às 18h (Brasília), o Manchester United recebe o Arsenal em Old Trafford pela 17ª rodada do Campeonato Inglês. A maior dúvida do duelo é a presença do espanhol Cesc Fabregas no time do norte de Londres. O técnico Arsene Wenger segue cauteloso sobre a utilização do jogador, que se recupera de uma lesão atrás na coxa.

"Não vamos fazer nenhuma aposta inconsequente, mesmo sendo um jogo enorme. Será uma decisão muito em cima da hora sobre Fabregas. Temos que avaliar o risco de ele jogar e se está pronto para uma partida tão intensa. A decisão final é minha", avisou Wenger.

Além do capitão da equipe, o lateral esquerdo Kieran Gibbs machucou-se no meio de semana e deve ficar três semanas no estaleiro, mas não deve ser problema, pois o titular Gael Clichy retorna. O zagueiro Thomas Vermaelen, o volante Abou Diaby e o goleiro Manuel Almunia continuam machucados, mas o defensor Johan Djourou está de volta.

Wenger ainda comentou as declarações do seu compatriota Patrice Evra. Durante a semana, o lateral esquerdo disse que o Arsenal é nada mais que um "centro de treinos" e que o rival está em crise por não vencer nenhum título há cinco anos. O comandante dos Gunners não quis dizer se achou as afirmações desrespeitosas.

"Deixo esse julgamento para vocês (imprensa). Não queremos entrar em discussões desnecessárias antes de um jogo como esse. Pessoalmente, acho que se você é um grande jogador, tem que sempre respeitar seu oponente e é isso que tentamos fazer", comentou.

Evra ainda é dúvida para a partida, mas Sir Alex Ferguson está confiante. O técnico dos Red Devils espera utilizar o meia Paul Scholes e o zagueiro Rio Ferdinand, que também perderam alguns treinamentos ao longo da semana.

"Estamos confiantes que todos estarão bem para segunda-feira. Rio deve estar OK, Paul começou a treinar completamente na quinta-feira e Evra estará saudável. Wes Browm e Johnny Evans (ambos zagueiros) tiveram um pequeno resfriado, mas não serão problemas. É bom ter todos disponíveis para um jogo tão importante", comemorou Ferguson.

Leia tudo sobre: futebol internacionalinglaterrainglês 2010

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG