Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Manchester United deve fazer oferta de ações na bolsa de Cingapura

Família Glazer, que controla o clube desde 2005, planeja fazer uma oferta pública de ações de 25% a 30% do valor do clube

EFE |

Os proprietários do Manchester United, a família Glazer, estão considerando a possibilidade de colocar na bolsa de valores de Cingapura US$ 1 bilhão em ações para reduzir a dívida do clube, informa nesta quarta-feira o jornal Financial Times.

Nos planos da família que controla o clube desde 2005 está fazer uma oferta pública de ações de 25% a 30% do valor do clube, que aproveitaria o amplo apoio social que tem a equipe de Alex Ferguson na Ásia.

Os Glazer consideram que o valor do clube gira em torno de 2,3 bilhões de euros (US$ 3,316 bilhões), embora tenham consciência de que a operação de entrada parcial na bolsa pode representar taxação. A operação teria a participação do grupo Credit Suisse.

A esse respeito, um grupo de fãs do United que na temporada passada tentou reunir fundos para comprar o clube dos Glazer sustenta que o valor da entidade seria de 1,1 bilhão de euros.

Os proprietários do atual campeão do Campeonato Inglês, que pagaram US$ 1,3 bilhão, possuem ainda time de futebol americano, o Tampa Bay Buccaneers, e uma rede de shoppings centers.

Na última janela de transferência, o Manchester United investiu 56 milhões de euros na contratação de jogadores.

Leia tudo sobre: manchester unitedinglaterrafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG