Tamanho do texto

Danny Welbeck fez dois gols, mas o time suíço reagiu e complicou os planos do técnico Alex Ferguson

A ideia era ganhar do Basel, em casa, para iniciar uma sequência de três vitórias, encaminhar a classificação e usar um time misto no resto da fase de grupos da Liga dos Campeões. Mas o técnico Alex Ferguson vai precisar mudar os planos, pois o Manchester United apenas empatou com o Basel, em 3 a 3, nesta terça-feira, em Old Trafford, após abrir 2 a 0 no placar.

Ryan Giggs deu dois passes para Danny Welbeck abrir 2 a 0. O galês foi titular no ataque ao lado do jovem inglês, já que Wayne Rooney e Javier Hernández eram desfalques por lesão, e Ferguson preferiu não apostar em Dimitar Berbatov e Michael Owen.

No entanto, em duas jogadas aéreas o Basel empatou, com Fabian Frei, aproveitando erro de De Gea, e depois com Alexander Frei. O último marcou mais uma vez, de pênalti. No último minuto, Young completou cruzamento de Nani e igualou as ações com a cabeça.

Tricampeão, o United segue sem vencer na fase de grupos, pois empatou com o Benfica na estreia. Agora, enfrenta duas vezes o romeno Otelul Galati, a primeira delas fora de casa. O Basel, líder do grupo com quatro pontos, mede forças com o Benfica, na Suíça. Os dois jogos serão em 18 de outubro.

Young caiu com o Manchester United diante do Basel
AFP
Young caiu com o Manchester United diante do Basel

O jogo
As primeiras jogadas ofensivas do United surgiram dos lados do campo. Antonio Valencia completou cruzamento de Ashley Young, com a cabeça, mas a bola passou à esquerda. Aos 14 minutos, ele retribuiu a gentileza e cruzou, mas o inglês bateu de direita no meio de gol, e Yann Sommer não teve dificuldade para defender.

O time da casa precisou de dois minutos para abrir 2 a 0. Aos 16, Valencia trouxe pela direita e lançou Fábio dentro da área. O brasileiro cruzou, Giggs fez a parede e Welbeck bateu de canhota. A bola quicou, mas passou longe de Sommer, que nada conseguiu fazer. Na sequência, Giggs dominou e viu Welbeck no outro lado do campo. O passe atravessou a grande área, no meio dos zagueiros e chegou no jovem inglês. De primeira, ele ampliou.

O Basel respondeu duas vezes com Frei, mas o goleiro David De Gea ainda não foi incomodado. No início do segundo tempo, o espanhol precisou impedir um chute de Marco Streller. Aos 13, falhou.

Se o United precisou de dois minutos para fazer 2 a 0, o Basel empatou em três. A bola foi desviada na primeira trave, após cobrança de escanteio, e surpreendeu De Gea, que fez boa defesa, mas espalmou a bola para dentro da área. No rebote, Fabian Frei bateu forte para descontar.

Depois, Xhaka dominou na meia-direita, Phil Jones avançou para marcá-lo e abriu a ponta destra para Fabian Frei receber o lançamento. O cruzamento, preciso, achou a cabeça de Alexander Frei, que empatou.

Sem sofrer pressão nenhuma dos anfitriões, o Basel virou, em falha generalizada da defesa. Jones tentou afastar uma bola da área, mas o chute saiu curto. Valencia dominou errado, Streller roubou a bola e ia em direção ao gol, quando foi derrubado pelo equatoriano e o árbitro Paolo Tagliavento marcou pênalti. Alex Frei cobrou no canto direito. O United tentou com Young, após passe do brasileiro Anderson, mas Sommer estava esperto e interveio.

Nani entrou no lugar de Fábio para evitar o vexame. Da direita, ele cruzou na segunda trave, onde Young estava posicionado para fazer o terceiro dos ingleses com a cabeça. Berbatov teve a bola da vitória nos pés, mas o arremate, sem ângulo, foi da esquerda para fora.