fora do eixo no Clube dos 13 - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Malucelli pretende defender os fora do eixo no Clube dos 13

Presidente do Atlético-PR assume uma das vice-presidências na nova gestão de Fábio Koff e dá voz às reivindicações das equipes do segundo escalão

Altair Santos, iG Curitiba |

Ao assumir uma das quatro vice-presidências do Clube dos 13, na terça-feira passada, o presidente do Atlético Paranaense, Marcos Malucelli, estabeleceu sua meta: quer trabalhar pelos clubes que ele define como fora do eixo. São aquelas equipes que participam da série A do Campeonato Brasileiro, mas recebem cotas de TV pequenas.

O próprio Atlético se inclui neste grupo, pois, de acordo com o atual contrato em vigência, recebe R$ 11 milhões por ano. Entro com a intenção de mudar esse panorama, pois tem equipes que recebem valores ínfimos, enquanto outras recebem muito, avalia.

Malucelli, no entanto, sabe que não será fácil alterar o quadro, pois mexe com vários interesses. Possibilidade de mudar há, mas a probabilidade é que é o problema, diz. O dirigente avalia que é difícil promover alterações no contrato estabelecido com a TV aberta, mas analisa que existe chance de mexer na distribuição da verba do pay-per-view.

A luta vai ser para distribuir de forma mais igualitária pelo menos esse dinheiro, diz Malucelli, que promete também ser atuante nas negociações que, a partir de 2012, podem estabelecer novos rumos às transmissões do Campeonato Brasileiro.

Pela posição que assumiu no Clube dos 13, o dirigente virou referência para as equipes que não integram a corporação, como Avaí, Figueirense, América-MG, Ceará e Atlético-GO. Mal tomou posse, já recebeu reivindicações. Boa parte delas foi para trabalhar para que o Clube dos 13, que hoje tem 20 integrantes, amplie o número de sócios. Em janeiro, quando a nova diretoria promoverá sua primeira reunião, o assunto deverá vir à tona. Malucelli, como porta-voz dos clubes fora do eixo, é quem deverá pôr a reivindicação em debate. Espero ter alguma influencia, finaliza.

Leia tudo sobre: atlético-prcampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG