Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mais velho que Ronaldo, Rivaldo diz: "estou na marca do pênalti"

Aos 38 anos, meia do São Paulo comenta aposentadoria do ex-companheiro e também se vê "perto do fim"

Levi Guimarães, iG São Paulo |

A aposentadoria do atacante Ronaldo, claro, repercutiu também entre os jogadores de clubes rivais do Corinthians. E no São Paulo, além dos tradicionais elogios à super vitoriosa carreira do camisa 9, o assunto serviu para outro veterano comentar que sua trajetória também está próxima do fim.

“Eu também já estou na marca do pênalti”, afirmou Rivaldo ao comentar a aposentadoria do ex-companheiro de seleção brasileira. “O importante é saber que no futebol você deu o máximo, foi até onde deu. Ele [Ronaldo] estava ali fazendo sacrifício, tentando fazer o melhor pelo Corinthians, pela sua torcida”, disse o camisa 10, que também relembrou as paradas de outros pentacampeões do mundo em 2002, como Cafu e Denílson.

Ainda sobre a Copa do Mundo de 2002, o são-paulino comentou a oportunidade de ter sido campeão do mundo ao lado de Ronaldo. “É triste [vê-lo parar]. Considero muito Ronaldo, para mim foi um privilégio ter jogado com ele, um dos maiores que pude jogar. É uma grande perda para o futebol brasileiro e para o mundo. Mas isso é a vida de todo ser humano. Hoje foi sua despedida, daqui a pouco é a minha, a vida é assim”.

Com 38 anos, quatro a mais que Ronaldo, Rivaldo espera sentir menos o peso da aposentadoria, já que ele diz estar se preparando há alguns anos para esse momento. “Não sei se vou sentir tanto como ele sentiu. Venho me preparando, estou no meio do futebol, fui me preparando para assumir o Mogi Mirim e continuar no futebol”, disse.

Por fim, Rivaldo ainda aproveitou para dar um conselho ao ex-companheiro, para mudar o ritmo de sua vida agora que vai deixar o futebol como jogador. “Que agora ele possa ter uma vida mais tranquila, se cuidar mais. Quando chega esse momento de parar é triste, mas o Ronaldo é uma pessoa consciente e vai ter todo o apoio da família nesse momento”.

Leia tudo sobre: são paulorivaldoronaldocorinthiansseleção brasileira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG