Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mais um torcedor do Palmeiras morre após briga generalizada em SP

Hospital São Camilo confirmou nesta terça-feira a morte cerebral de Guilherme Vinícius Jovanelli Moreira, o Zulu

iG São Paulo |

A briga generalizada antes do clássico entre Corinthians e Palmeiras no domingo fez mais uma vítima fatal. Um comunicado emitido pelo hospital São Camilo na manhã desta terça-feira informou que o torcedor palmeirense Guilherme Vinícius Jovanelli Moreira, o Zulu, de 19 anos de idade, teve morte cerebral.

AE
Membros da organizada Mancha Alviverde compareceram ao enterro de André Alves
E MAIS: Mancha Alviverde diz que foi vítima de emboscada da Gaviões da Fiel

O jovem é o segundo torcedor que perdeu a vida no confronto entre torcidas organizadas dos dois times na Zona Norte de São Paulo antes do clássico. O também palmeirense André Alves, conhecido como Lezo, de 21 anos, não resistiu a um tiro na cabeça e morreu ainda no domingo .

Outros dois torcedores que se envolveram na briga seguem internados em hospitais da capital paulista, mas não estão em estado grave. Como resposta ao conflito, a FPF (Federação Paulista de Futebol) proibiu a entrada das torcidas organizadas Mancha Alviverde e Gaviões da Fiel em estádios de São Paulo até que o episódio seja esclarecido.

LEIA TAMBÉM: Federação Paulista proíbe as duas organizadas de irem a estádios

Em nota divulgada no seu site oficial, a Mancha Alviverde lamentou a morte dos dois integrantes e afirmou ter sido vítima de uma emboscada da Gaviões da Fiel. A principal torcida organizada do Palmeiras planejava receber a imprensa nesta terça-feira, mas cancelou os planos justamente por conta do estado gravíssimo que Zulu se encontrava. 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG