Corinthians não perde para rivais paulistas desde fevereiro de 2010, ou nove jogos

O Corinthians, de Ralf, já venceu Palmeiras e Santos neste Paulistão
Gazeta Press
O Corinthians, de Ralf, já venceu Palmeiras e Santos neste Paulistão
O Corinthians tem mais do que um tabu contra o São Paulo a defender no domingo. Além dos 11 jogos seguidos sem derrota para o rival do Morumbi, o Corinthians coloca à prova seu recente retrospecto de “rei dos clássicos” paulistas.

Somados os enfrentamentos com os rivais Palmeiras e Santos , o Corinthians tem uma série invicta de nove clássicos sem conhecer uma derrota: oito vitórias e um empate.

A última vez que o Corinthians perdeu para um rival do Estado foi em fevereiro de 2010. Na Vila Belmiro, perdeu por 2 a 1 para o Santos.

De lá para cá, o Corinthians enfrentou o São Paulo três vezes e venceu as três (4 a 3, no Paulista do ano passado, e 3 a 0 e 2 a 0 nos dois confrontos pelo Brasileirão de 2010).

Contra o Palmeiras, nos mesmo três jogos, venceu duas vezes (repetiu o placar de 1 a 0 neste Paulistão e na segundo turno do Brasileirão) e empatou uma (1 a 1, no primeiro turno do Nacional de 2010).

Contra o Santos, foram outras três vitórias (4 a 2 e 3 a 2 no Brasileirão e 3 a 1 nesta edição do Paulistão).

“É muito importante manter essa boa sequência nos clássicos. São grandes enfrentamentos e a equipe sabe como lidar com jogos dessa grandeza”, disse o técnico Tite, vencedor em todos os clássicos que fez desde que assumiu a equipe, em outubro de 2010.

O técnico, porém, prefere não se apoiar no retrospecto. “Ficamos felizes, mas o passado não te dá um referencial, não te credencia ao favoritismo. Vencemos todos os clássicos até aqui, mas é passado. A expectativa domingo é de fazer um grande jogo e ter um grande desempenho, independente do resultado”, disse o técnico. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.