Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Maikon Leite se diz surpreso com artilharia no Santos

Nos seis primeiros jogos do Campeonato Paulista, já são seis gols marcados, média ótima para sua posição

AE |

selo

Maikon Leite está surpreso com o seu alto aproveitamento ofensivo no Santos. Nos seis primeiros jogos do Campeonato Paulista, já são seis gols marcados, média para atacante de área e não para quem prefere atuar pelos lados do campo ou vindo de trás para fazer assistência para algum companheiro.

"Até eu estou surpreso. No ano passado inteiro, marquei apenas cinco. Estou me sentindo num momento diferente da minha carreira. A bola tem sobrado e venho aproveitando. Mas, não sou goleador", avisou o atacante de duas torcidas. A do Santos espera que ele renuncie ao contrato assinado com o Palmeiras e que vai vigorar a partir de 24 de junho deste ano. E a do Palmeiras já comemora seus gols como se ele estivesse com a camisa verde.

No fim do ano passado, ao saber do interesse do Palmeiras e de outros grandes clubes na sua contratação, Maikon Leite se antecipou, afirmando que pretendia voltar ao Santos, depois de ter disputado o Brasileirão de 2010 pelo Atlético-PR, mas, diante da indiferença dos dirigentes da Vila Belmiro, resolveu aceitar a proposta do Palmeiras, que além de lhe dar contrato mais longo, vai multiplicar o seu salário por seis.

"Tenho contrato com o Santos até 23 de junho e só no dia 24 vou falar sobre outra equipe. Vou defender o Santos até o término do contrato e, se eu sair, será pela porta da frente", ressaltou o atleta. Por enquanto, ele apenas quer curtir o melhor momento de sua carreira, depois do longo sofrimento que enfrentou com lesões graves nos dois joelhos. "E só tenho que agradecer por estar jogando ao lado de Elano. Ele acelera quando é preciso e cadencia na hora certa".

Mesmo despontando como forte candidato à artilharia do Campeonato Paulista, Maikon Leite promete continuar 'jogando para o time', sem a pretensão de ser o melhor. "Está havendo uma disputa saudável pela artilharia. Zé Eduardo (voltou, por empréstimo) e Keirrison também estão fazendo. O importante é que o gol saía e que o Santos vença, não importando quem marca", disse ele.

Apesar de o Santos ter jogadores de sobra para o ataque, Maikon Leite espera continuar titular até quando o time estiver completo, com o retorno de Neymar da seleção brasileira sub 20. "Posso formar dupla de ataque com ele, ou, se Adilson [Batista] preferir jogar com três na frente, eu e Neymar atuaremos pelas extremas, com um atacante pelo meio", projetou o atacante.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG