Ex-atacante do Santos abre o marcador e ajuda o Palmeiras a vencer com primeiro tempo arrasador

O Palmeiras venceu o Santos por 3 a 0 neste domingo, no estádio do Pacaembu, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante Maikon Leite , que foi campeão da Libertadores com a equipe santista recentemente, abriu o marcador e foi um dos destaques do primeiro tempo arrasador do Palmeiras, que marcou os três gols na etapa inicial.

null

A partida também contou com um golaço de Patrick no último minuto do primeiro tempo. O meia aproveitou uma bola mal afastada pelo volante Rodrigo Possebon, chutou forte da entrada da área e acertou o ângulo direito do goleiro Rafael. Na segunda etapa, o Palmeiras diminuiu o ritmo e apenas administrou o resultado.

Veja a classificação completa do Brasileirão

Sem Neymar, Ganso e Elano, o técnico Muricy Ramalho continuou apostando em Rychely e Roger Gaúcho. Na segunda etapa, o time melhorou com as entradas de Tiago Alves e Felipe Anderson, mas só conseguiu evitar mais gols do Palmeiras.

Com a vitória, o Palmeiras chega à quarta colocação, com 18 pontos ganhos, enquanto o Santos cai duas posições na classificação, e fica na 16ª posição, perto da zona de rebaixamento, com oito pontos.

Após vencer o Santos, o Palmeiras recebe o Flamengo no próximo domingo, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Santos joga no próximo sábado, diante do Atlético-MG, às 21h (de Brasília), na Vila Belmiro, também pela décima rodada da competição.

O jogo

A partida começou com as duas equipes não arriscando muito as jogadas de ataque, enfrentavam dificuldades para escapar da marcação de ambos os lados. O Santos foi o primeiro a chegar ao gol do adversário. Diogo fez boa jogada do lado esquerdo de ataque, driblou Cicinho e chutou forte, mas a bola bateu na rede do lado de fora do gol de Marcos.

O Palmeiras, que só havia arriscado um chute de pouco perigo do atacante Dinei de fora da área, abriu o placar na primeira grande jogada de ataque. Aos 20 minutos, Luan fez uma grande jogada, driblou dois marcadores e trocou para Maikon Leite, que ainda driblou o goleiro Rafael antes de fazer o gol. Jogador do Santos nos últimos três anos, Maikon Leite não comemorou o gol.

Contrariando o que havia dito antes do jogo, Maikon Leite comemorou o gol anotado sobre sua ex-equipe
AE
Contrariando o que havia dito antes do jogo, Maikon Leite comemorou o gol anotado sobre sua ex-equipe

Após o gol, o Palmeiras começou a dominar as ações do jogo e não demorou em ampliar o placar. Aos 29 minutos, Marcos Assunção cobrou escanteio “fechado” na pequena área, o zagueiro Mauricio Ramos subiu mais alto que o goleiro Rafael, e desviou de cabeça para fazer o segundo gol.

Se não bastasse, o Palmeiras encerrou o primeiro tempo com um golaço do meia Patrick. A jogada começou com o lateral-direito Pará, que perdeu a bola no ataque, e não conseguiu se recuperar na jogada. Luan passou em velocidade pelo lateral, e cruzou para Márcio Araujo, que não conseguiu finalizar, mas no corte de Possebon, a bola sobrou para Patrick, que chutou forte, acertou o ângulo direito de Rafael, e marcou um lindo gol.

Na segunda etapa, o técnico Muricy Ramalhou voltou com duas alterações: colocou Felipe Anderson e Roger nas vagas de Rychely e Possebon, respectivamente. As substituições ajudaram o Santos a evitar os apoios dos laterais do Palmeiras. No entanto, a equipe não evoluiu no setor de ataque.

No segundo tempo, os santistas só conseguiram assustar o goleiro Marcos aos 18 minutos. O jovem Tiago Alves, que também entrou na etapa final, driblou Marcos Assunção e chutou cruzado, mas a bola acertou a rede do lado de fora. Felipão sacou Maikon Leite e Patrick na segunda etapa e apenas administrou o resultado, que terminou com o placar do primeiro tempo: 3 a 0.

FICHA TÉCNICA – PALMEIRAS 3 X 0 SANTOS

Local: Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Data: 10/07/2011, domingo
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Público: 17.245
Renda: R$ 444.239
Cartões amarelos: Léo (Santos)
Gols: Palmeiras – Maikon Leite aos 20 minutos, Mauricio Ramos aos 29 e Patrick aos 44 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho (João Victor), Leandro Amaro, Maurício Ramos e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Patrik (Pierre); Maikon Leite (Tinga) e Luan; Dinei. Técnico: Luiz Felipe Scolari

SANTOS: Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval, Léo; Arouca, Rodrigo Possebon (Roger), Danilo, Diogo (Tiago Alves) e Rychely (Felipe Anderson); Borges. Técnico: Muricy Ramalho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.