Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Maikon admite: nem possibilidade de jogar Mundial o mantém no Santos

Eu ficaria triste de não estar participando do Mundial, só que o acordo (com Palmeiras) já foi feito

Gazeta |

O atacante Maikon Leite está próximo de deixar o Santos. Com um pré-contrato assinado com o Palmeiras, o jogador admitiu que a sua saída da Vila Belmiro é iminente. Segundo o rápido avante, nem mesmo um possível título santista na Copa Libertadores da América e a possibilidade de jogar o Mundial de Clubes em dezembro, no Japão, podem fazê-lo mudar de ideia.

"Lógico que eu pensei nisso. Mas, de qualquer forma, eu quero sair daqui campeão da Libertadores. Claro que eu ficaria triste de não estar participando do Mundial, só que o acordo já foi feito. Enquanto eu estiver aqui, vou ajudar e depois vou para o Palmeiras. Não vou poder jogar o Mundial pelo Santos, mas quero, e muito, ser campeão da Libertadores pelo clube", disse Maikon.

O Santos até poderia tentar romper o acerto do atacante com o Verdão, porém, a multa rescisória elevada (R$ 60 milhões) impede qualquer manobra da diretoria santista para segurar Maikon Leite na Vila Belmiro. Até mesmo porque, conforme foi dito pelo próprio atleta, a sua vontade é se transferir para o Palmeiras no segundo semestre.

"Desde quando eu comecei o ano aqui, todos já sabiam que eu iria para o Palmeiras. No entanto, mostrei durante esse período que o meu foco esteve o tempo todo no Santos. Quero atuar bem nesses jogos que me restam pelo Santos, ganhar a Libertadores, para depois pensar no que eu vou poder fazer no Palmeiras", concluiu.

O vínculo de Maikon Leite com os alvinegros expira no dia 23 de junho deste ano, um dia após a partida final da Copa Libertadores.

Leia tudo sobre: santospalmeirasmaikon leitelibertadores 2011mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG