Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Magno Alves está incomodado com jejum

Atacante do Atlético-MG se mostra insatisfeito por não ter feito gols no último jogo, contra o Cruzeiro

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Com parceiro novo no ataque, Magno Alves espera melhor sorte contra o Guarani. O jogador passou em branco no clássico com o Cruzeiro, depois de fazer gols nos dois primeiros jogos do Estadual, contra Funorte e Tupi. Sem Diego Tardelli, que está suspenso, Neto Berola vai ser o outro atacante do Atlético-MG contra o Guarani.

Magno Alves acredita que não ter problemas em atuar ao lado de Neto Berola, até por conta da velocidade. Já que Diego Tardelli é muito veloz, apesar de ser centroavante.

“São características semelhantes, pela velocidade. O Berola tem feito a parte dele junto com a equipe, tenho certeza que vai dar certo, é a primeira vez que vai iniciar um jogo, mas tenho certeza que vai dar certo”.

Contra o Guarani Magno Alves já quer quebrar um tabu que lhe é incomodo, o de uma partida sem marcar. O atacante do Atlético-MG brinca com o fato de não ter feito gols no rival e quer compensar contra o Guarani. Embora não tenha passado em branco na última partida, o time saiu com a vitória.

“Eu sempre me cobro, até porque a gente comentava que é sempre bom marcar gols, principalmente nos clássicos. Eu fico chateado, mas a felicidade da vitória cobre tudo isso. Importante que o ataque tem marcado gols”.

Magno Alves começou a temporada na reserva. Ele ganhou a titularidade do Atlético-MG nos treinamentos e depois de fazer um grande segundo tempo na estreia do Estadual, contra o Funorte. Agora, ele tem de manter a posição, por isso sabe que não pode se acomodar.

“Já fui útil ao treinador, mas não posso me acomodar. A cada partida tenho de mostrar o melhor. É isso que tenho feito”.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG