Tamanho do texto

Atacante perdeu um gol sozinho com Fábio, na final do Mineiro, mas marcou dois gols contra o Atlético-PR

De vilão na decisão do Mineiro, ao perder um gol na cara do goleiro Fábio , do Cruzeiro , o atacante Magno Alves passou a herói na estreia do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro, marcando dois dos três gols da vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-PR . Ele torce para sua boa atuação apagar, ou ao menos amenizar, a perda do estadual.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"A gente sabe que futebol é assim. Claro que estamos ali para fazer os gols, mas vamos perder algumas chances, isso é a vida. Se houvesse só vitórias, não haveria infelicidade e sofrimentos. Mas são fatos que ocorrem para a gente aprender", declarou.

Questionado sobre o fato de ter balançado as redes duas vezes de cabeça, Magno Alves afirmou que o cabeceio não é seu forte, mas destacou que independente da forma, o importante é o Atlético-MG vencer os jogos.

"Faço mais gols com os pés, acabei marcando dois de cabeça. Mas o importante foi o resultado, a equipe venceu e começou bem o Brasileiro. Foi um bom início de uma competição longa e difícil e temos que fazer a nossa parte, principalmente dentro de casa", disse.

Para Magno Alves, o triunfo na estreia no Brasileirão foi de suma importância para o restante do torneio nacional . "Consegui marcar de cabeça, mas o importante foi esta vitória, que é muito importante, para começarmos bem o Brasileiro, com confiança", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.