Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Luxemburgo rechaça comparações do Flamengo com o Barcelona

Técnico disse que quer atacante Wanderley fazendo função como a de David Villa no time catalão

Gazeta |

O Flamengo está longe de ser o Barcelona, mas está no caminho certo para brigar por mais títulos nesta temporada. É assim que pensa o técnico Vanderlei Luxemburgo, satisfeito com seus comandados após a vitória por 3 a 0 sobre o Fortaleza, pela Copa do Brasil.

"Hoje (quarta) tive uma opção, amanhã posso ter outra. Não estou muito preocupado com isso. Outro dia falei que o Barcelona jogava com um só atacante assim como nós e já falaram que eu queria fazer um Flamengo igual ao Barcelona. Não tem nada a ver", afirmou Luxemburgo.

A "opção" citada pelo treinador foi a entrada de Wanderley como titular do ataque ao lado de Ronaldinho Gaúcho, que vinha jogando sozinho à frente - a exemplo do que acontece com David Villa na equipe espanhola, fato lembrado pelo técnico na última semana.

"Estamos começando a encontrar um padrão tático. Eles (jogadores) já estão se conhecendo dentro de campo, fazem boas trocas de bola. O Thiago Neves ainda está um pouco impaciente, porque está querendo jogar, mas está tudo acontecendo. Estamos no caminho certo", disse.

Incomodado com as comparações feitas entre sua equipe e o time comandado por Josep Guardiola, o comandante ainda chamou a responsabilidade por possíveis insucessos. "Vou fazer o que acho certo. Se perder ou se ganhar, é comigo. Quem tira um e coloca outro sou eu".

"Respeito opiniões e contestações. Parreira foi contestado e ganhou uma Copa do Mundo. Telê Santana era cobrado pelo Jô Soares com aquela história de 'bota ponta' e anos depois todos viram que ele estava certo, porque os pontas não existem mais", argumentou o técnico.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG