Técnico do Fla elogia o craque do Santos e acha exagerada a pressão sobre o jogador na seleção brasileira

A grande atuação de Neymar e Ronaldinho Gaúcho deixou o técnico do Flamengo , Vanderlei Luxemburgo , satisfeito com o futebol apresentado quarta-feira, na Vila Belmiro, e ainda mais pela vitória espetacular por 5 a 4 . Ele aproveitou para defender o craque do Santos e prever um grande futuro para ele na seleção brasileira.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

"A cobrança em cima dele (Neymar) é muito grande, como se fosse um ator principal (na seleção), quando ele ainda é um coadjuvante, aos 19 anos. O Pelé foi coadjuvante, com 17 anos, Ronaldinho, naquela Copa América (1999), também", comentou Luxemburgo.

null

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

Técnico de Ronaldinho na Copa América, em 1999, quando o craque apareceu para o mundo, Luxemburgo não quis fazer comparações entre ele e Neymar. Mas o técnico do Flamengo aposta no jogador do Santos como futuro melhor do mundo.

"O Ronaldinho tem 31 anos de idade e já foi eleito duas vezes o melhor jogador do mundo. O Neymar ainda vai ser. Jogando no Brasil é difícil. Nem o Pelé conseguiu. Mas ele está no caminho certo", afirmou Luxemburgo.

Com tantos elogios para Neymar, o técnico do Flamengo tem certeza de que esse confronto com o Santos entrará para a história do futebol brasileiro. Ele, inclusive, colocou esse jogo ao lado da vitória do Palmeiras por 6 a 1 sobre o Boca Juniors na Copa Libertadores de 1994 como os inesquecíveis de sua carreira.

"Foi uma coisa bonita para o futebol. Fizemos história num palco que só tem história. O futebol saiu enriquecido. Foi maravilhoso como aquele jogo em que o Palmeiras ganhou de seis do Boca", disse Luxemburgo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.