Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Luxemburgo exige muito dos laterais no treino

Juan teve a atenção chamada várias vezes pelo treinador. Outros alas, como Leonardo Moura, participaram de trabalho de cruzamentos

Gazeta Esportiva |

A derrota de 1 a 0 para o Atlético-PR é coisa do passado no Flamengo, que se prepara para o confronto do próximo sábado, às 19h30 (horário de Brasília), contra o Atlético-MG na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, para que os erros cometidos contra os paranaenses não sejam repetidos diante dos mineiros, o técnico Vanderlei Luxemburgo vem exigindo muito dos jogadores nos treinos. Um exemplo disso aconteceu na manhã desta quarta-feira, quando os laterais foram muito cobrados na atividade realizada no Ninho do Urubu.

Durante a atividade, o lateral esquerdo Juan foi um dos nomes mais chamados pelo treinador. O jogador não vem conseguindo repetir as boas atuações que o levaram a condição de ídolo da torcida. No treino desta quarta-feira Juan foi muitas vezes orientado por Vanderlei Luxemburgo, que gritou em algumas ocasiões frases como "Tem que olhar para ver para quem vai cruzar. Para isso tem que estar com a cabeça erguida" ou "Acerta isso, Juan!". Porém, mais para o fim da atividade o comandante ficou satisfeito com a evolução do atleta: "Quando você olha consegue acertar. Tá vendo!", gritou o treinador.

Na atividade, Vanderlei dividiu os laterais em dois grupos, com Leonardo Moura, Rafael Galhardo e o meia chileno Fierro, que já foi aproveitado no setor, cruzando pela direita, enquanto Juan, Rodrigo Alvim e Uendel cruzavam pelo lado esquerdo.

A escalação da equipe começará a ser definida no treino desta quinta-feira. É certo porém que o treinador não poderá contar com o meia Renato Abreu e nem com o atacante Deivid, ambos suspensos por terem recebido o terceiro cartão amarelo na derrota para o Atlético-PR. Em compensação, Vanderlei Luxemburgo ainda tem esperanças de contar com o retorno do volante Kléberson e do meia Petkovic, poupados nos últimos compromissos por conta de lesões musculares na coxa direita. Os dois estão sendo avaliados.

Com 40 pontos conquistados, o Flamengo ainda precisa pontuar para afastar o risco de rebaixamento. Até porque, em caso de derrota para o Atlético-MG, o time carioca pode acabar a rodada a um ponto da zona de risco. Após o duelo contra os mineiros, os flamenguistas irão receber o Guarani e o Cruzeiro no Rio de Janeiro e fecharão a participação no Brasileirão medindo forças com o Santos, na Vila Belmiro. Pelas contas da maioria dos matemáticos, um time afastará qualquer risco de queda se chegar aos 45 pontos.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG