Técnico diz que seu time incomodou a Universidad de Chile e esteve mais perto do gol no segundo tempo

Depois de dar vexame no jogo de ida, quando perdeu por 4 a 0 no Engenhão , o Flamengo foi eliminado da Copa Sul-Americana com uma derrota por 1 a 0 para a Universidad de Chile, nesta quarta-feira, em Santiago. O técnico Vanderlei Luxemburgo colocou a maioria de reservas em campo, com apenas o revezamento entre Willians e Leonardo Moura, e disse ter gostado do que viu, principalmente no segundo tempo.

Veja a tabela da Copa Sul-Americana

“Hoje a equipe jogou. Não foi como no primeiro jogo. Fora o domínio territorial, eles não tiveram nada de forte. Foi totalmente diferente. Com uma equipe quase toda reserva, conseguimos incomodar. No segundo tempo, foi mais nosso do que deles”, comentou Luxemburgo.

O goleiro chileno Johnny Herrera fez três grandes defesas no segundo tempo e evitou que o Flamengo conseguisse pelo menos o empate em sua despedida da Copa Sul-Americana. Os jogadores já começaram a pensar no Grêmio , adversário de domingo, às 16h, no Olímpico, pela 32 a rodada do Campeonato Brasileiro.

“Que sirva de aprendizado essa competição. Quando você leva gol em casa fica complicado. Essa era uma equipe que não vinha atuando junta. Vamos pensar no Grêmio, pois é outra decisão. Temos chance de ser campeão brasileiro”, afirmou o zagueiro David.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.