Derrotado por 4 a 2 no Olímpico, técnico do Flamengo critica comportamento da torcida do Grêmio no jogo

O técnico Vanderlei Luxemburgo saiu em defesa de Ronaldinho Gaúcho, chamado de pilantra e mercenário pela torcida do Grêmio , neste domingo, no Olímpico. O Flamengo perdeu de 4 a 2 , ficou mais distante do título do Campeonato Brasileiro e viu seu principal jogador ser atacado com xingamentos e vaias durante os 90 minutos.

Confira a classificação completa do Campeonato Brasileiro 2011

"Ele fez o movimento dele normal de jogo. Ficou chateado como atleta, que começou aqui. Estou nesse negócio há muito tempo e chamar alguém de pilantra ou mercenário é muito duro. Somos profissionais e o Ronaldinho foi jogar em outro clube. Todos têm a liberdade de escolher a melhor proposta", disse Luxemburgo.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

A brigada militar até tentou barrar as faixas de protesto contra Ronaldinho, que chegou a ter uma festa preparada no Olímpico para a sua chegada, mas muitas passaram. Inclusive, uma delas atacava a mãe do jogador, Miguelina.

Veja também:
Ronaldinho é recebido com faixas e chuva de moedas no Olímpico

"É paixão demais, a gente entende, mas a pessoa não pode ficar presa a uma situação que não lhe pertence. Não somos marginais nem estamos roubando ninguém. Temos carteira de trabalho e contrato como todo mundo", disse Luxemburgo, que lembrou um fato ocorrido com ele. "Quando saí do Santos para o Corinthians , devolvi R$ 500 mil e fui recebido com moedas na Vila Belmiro".

Com 52 pontos, o Flamengo está na quinta colocação, seis atrás do líder Corinthians, faltando seis rodadas para o fim do Brasileiro. O próximo jogo é contra o Cruzeiro , domingo, às 17h, no Engenhão. Renato, suspenso, está fora.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e opine sobre a derrota

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.