Técnico diz que se fosse para entrar na competição achando que não vai brigar, seria melhor nem jogar

Ronaldinho Gaúcho é a principal estrela do elenco do Flamengo
AE
Ronaldinho Gaúcho é a principal estrela do elenco do Flamengo
Com contratações de peso como Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves e na expectativa pela chegada de outros reforços, como Vagner Love, do CSKA Moscou, e Juan, da Roma , o Flamengo vai entrar no Campeonato Brasileiro brigando pelo título. Pelo menos, é o que garante o técnico Vanderlei Luxemburgo, que conquistou a competição cinco vezes, a última delas em 2004, com o Santos.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

"O Flamengo é um dos favoritos ao título. Se entrar numa competição achando que não vai brigar para ser campeão, é melhor nem jogar. Tem o São Paulo, que não entrou na Libertadores e vai vir forte, o Internacional, o Cruzeiro, Fluminense, que é o atual campeão, e o Santos. O Coritiba, com uma temporada brilhante surge como a grande surpresa, e a ainda tem o Atlético-MG, que não estreou alguns reforços, como Dudu Cearense e Guilherme”, comentou Luxemburgo.

Como a maioria dos clubes estará voltada apenas para o Campeonato Brasileiro no começo da competição, Luxemburgo acredita num início eletrizante. O técnico do Flamengo sabe que precisa ter um elenco forte para suportar as 38 rodadas em alto nível e, assim, brigar para conquistar seu sexto título.

“São seis semanas sem jogo no meio da semana. Vamos ter uma preparação ainda maior. Vai ser um início pega para capar”, disse Luxemburgo, lamentando a dificuldade em conseguir reforços. “A janela (de transferências internacionais) só vai abrir quando já estivermos na 15 a rodada. E o mercado interno está muito forte. Fica limitado. Acho que vai ter mais gente repatriada esse ano do que saindo”, emendou.

A estreia do Flamengo no Brasileiro vai ser neste sábado, contra o Avaí, no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé. Sem Leonardo Moura, machucado , o time viaja nesta sexta-feira para a cidade de ônibus, já que os jogadores convenceram a comissão técnica a não fazer mais o trajeto de avião.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.