Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Luxa vê maior motivação em Ronaldinho com proximidade da estreia

Técnico lembra que o craque fez treinamentos em dois períodos enquanto o time entrava em campo no Carioca

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Ronaldinho Gaúcho chegou a Londrina no dia 13 de janeiro para começar a treinar com os seus novos companheiros no Flamengo, sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo. Agora, 18 dias depois, a sua estreia está próxima de acontecer e isso só tem aumentado a sua motivação nos treinamentos, que evoluíram gradativamente até chegar aos coletivos e recreativos no Ninho do Urubu.

Na quara-feira, quando entrar em campo com a camisa 10 do Flamengo para encarar o Nova Iguaçu, Ronaldinho já vai ter ajudado o Flamengo a faturar. Só para esse jogo serão R$ 900 mil de patrocínio. Depois, novas negociações devem seguir seu curso para parcerias milionárias serem fechadas. O pacote do craque começa a funcionar e o treinador aprova todo o processo.

“É muito difícil você manter um patamar de motivação tão longe da estreia. Agora, fica mais fácil. Está chegando o momento de ele jogar e entrando na competição tudo muda. Você imagina o time jogando e ele tendo que fazer um treinamento integral. Estava querendo pegar o (Antônio) Mello (preparador físico)”, brincou Luxemburgo, que disputa neste domingo o seu primeiro clássico no Carioca, contra o Vasco, às 19h30, no Engenhão.

Vipcomm
Luxa está otimista com Ronaldinho
O treinador tem usado a presença de Ronaldinho para envolver todo o grupo e conquistar ainda mais o coração dos jogadores mais jovens, que têm recebido oportunidade de treinar com os profissionais. Alguns do time campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior enfrentaram os profissionais no treinamento de quinta-feira.

“Os muleques olhavam para ele de um jeito diferente”, comentou Luxemburgo, que em todos os treinamentos chama Ronaldinho para uma conversa mais íntima. “Estou mostrando o posicionamento que eu quero dele. Vendo falta, escanteio, como deve se posicionar para defender ou atacar. Contratei o Ronaldinho para jogar e não disputar posição”, emendou.

O primeiro jogo de Ronaldinho com a camisa do clube envolve uma série de ações. A preocupação era não colocá-lo em campo em um clássico de cara e, o como o fim do contrato com a Batavo estava marcado para o dia 31, ficou decidido que ele estrearia em fevereiro. Por questão técnica, um amistoso foi vetado e o jogo com o Nova Iguaçu confirmado como o escolhido.

“Vai ser uma estreia toda pensada, com grande público, TV aberta, uma estratégia traçada com o departamento de marketing e antes de nos classificarmos para as finais. Assim, ele vai estar num ritmo melhor. Vai ser num dia legal”, comentou Luxemburgo, que nunca pediu para os jogadores aliviarem com o novo companheiro. “Tem que chegar duro mesmo”.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG