Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lusa vence de virada, vai à liderança e amplia crise do Goiás

Edno marca duas vezes e dá uma assistência e é nome do jogo que aconteceu no Serra Dourada

Gazeta |

A Portuguesa foi para o intervalo perdendo por 1 a 0, no Serra Dourada. Mas com um segundo tempo quase perfeito, a Lusa fez quatro gols, garantiu a vitória e afundou o Goiás em crise ainda mais profunda. Edno , com dois gols e uma assistência, foi o nome do jogo. Guilherme e Henrique também fizeram para a Portuguesa, enquanto Zé Antônio marcou o de honra para os anfitriões.

Com o resultado, a Lusa chega a 14 pontos e está na liderança da Série B pelo critério de saldo de gols. Ponte Preta , Paraná e Americana têm a mesma pontuação. O Goiás, por sua vez, chegou a quatro jogos sem vitórias e empacou na parte de baixo da tabela com seis pontos. O técnico do time do centro-oeste do país Artur Neto já balança no cargo.

O jogo

Já no primeiro minuto o Goiás levou perigo ao gol da Lusa. Depois de boa troca de passes na entrada da grande área, Bruno Aquino chutou colocado, e a bola foi por cima do gol, animando a torcida no Serra Dourada. O atacante ainda teve outra boa chance aos 19 minutos, mas na hora do chute se desequilibrou e Marcelo Cordeiro conseguiu afastar.

No entanto, os esmeraldinos não tiveram tempo para lamentar. No minuto seguinte, Oziel partiu pela direita e cruzou para a área. A zaga da Portuguesa não afastou e Zé Antonio pegou de primeira, mandando para o fundo da rede, sem chance para o goleiro Weverton.


Agência Estado
Marco Antônio, da Portuguesa, disputa bola com jogador do Goiás durante partida válida pela Série B

Atrás no placar, a Portuguesa, que até então trocava muitos passes, mas pouco finalizava, partiu ao ataque e o jogo ficou bastante disputado. Aos 26, Marco Antônio invadiu a área pela direita e chutou com perigo, para boa defesa de Harlei. Em seguida, Edno ficou cara a cara com o goleiro, tentou de cobertura e mandou por cima do gol.

Coloque seu time em 1º no ranking da Torcida Virtual do iG

O Goiás respondeu novamente com Zé Antônio. O meia desceu pela direita e chutou cruzado, para defesa de Weverton. Do lado esmeraldino, o goleiro também teve mais trabalho. Edno, na marca do pênalti, chutou forte e rasteiro. No reflexo, Harlei conseguiu mandar para a linha de fundo.

Na etapa final, porém, Harlei nada pôde fazer, a Lusa acertou a pontaria e aplicou uma goleada no Goiás. Logo aos quatro minutos, Guilherme recebeu livre, na esquerda, e soltou uma bomba de fora da área, para empatar. O gol da virada saiu aos 20 minutos, quando Edno tirou de Harlei e rolou para Henrique, que, com a meta vazia, só teve o trabalho de empurrar para dentro.

Agência Estado
Time da Portuguesa comemora um dos quatro gols contra o Goiás

O resultado parcial deixou os jogadores do Goiás nervosos e a equipe passou a errar muitos passes. Melhor para a Portuguesa que teve tempo para amplicar. Edno deixou o posto de garçom e assumiu o de artilheiro. Aos 28 minutos, o atacante saiu em velocidade pela direita, invadiu a área e chutou na saída de Harlei.

Inspirado, Edno ainda teve tempo para guardar mais um. Aos 37 minutos, Luis Ricardo saiu em contra-ataque e lançou o atacante, que escapou da marcação e chutou no canto, decretando o 4 a 1 no placar.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X PORTUGUESA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 25 de junho de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Marconi Helbert Vieira (ambos de MG)
Cartão amarelo: Andrezinho, Bruno Aquino (Goiás); Marcelo Cordeio (Portuguesa)

Gols:
GOIÁS: Zé Antonio, aos 20 do primeiro tempo
PORTUGUESA: Guilherme aos 4, Henrique aos 19, e Edno aos 28 e 37 minutos da etapa final

GOIÁS: Harlei; Rafael Tolói, Valmir Lucas e Ernando; Oziel, Carlos Alberto, Zé Antônio, Diniz (Marcelo Costa) e Andrezinho (Valdir Filho); Felipe Amorim (Thiaguinho) e Bruno Aquino
Técnico: Artur Neto

PORTUGUESA: Weverton; Luis Ricardo, Rogério, Mateus (Renato) e Marcelo Cordeiro; Guilherme, Ferdinando, Marco Antônio, Henrique (Marcos Pimentel); Ananias e Edno
Técnico: Jorginho

Leia tudo sobre: portuguesaednosérie b 2011goiás

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG