Clube do Canindé busca sua segunda vitória em sete jogos para não ser ultrapassada por Náutico na Série B

A Portuguesa precisa provar às 20h30 (de Brasília) desta terça-feira, no Canindé, que o empate com o ABC na rodada passada foi seu último ato irregular para não colocar em risco a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, que ocupa há 13 rodadas. E tem como atalho um adversário em fase ainda mais instável: o Barueri.

Se a Lusa busca sua segunda vitória em sete jogos para não ser ultrapassada por Náutico - com dois pontos a menos - ou Ponte Preta - com três pontos e nove gols a menos no saldo -, o time de Barueri anseia por uma sequência que o deixe mais perto da parte de cima da tabela do que dos quatro que serão rebaixados.As derrotas para Bragantino e Sport nas duas últimas rodadas impediram mais uma vez que o Barueri atingisse sua terceira vitória consecutiva. Oscilação que coloca o clube em 12º lugar, a cinco pontos da zona de descenso e a oito da faixa que garante vaga na elite nacional.

Até por falta de opções, o técnico Estevam Soares, ainda sem poder contar com o volante Anselmo e o atacante Pedrão, vetados pelo departamento médico, deve repetir a escalação vencida pelo Sport no último sábado, na Arena Barueri. Cenário que dá esperanças de uma nova festa lusitana.

Jorginho só não poderá utilizar o atacante Lucas Gaúcho, com estiramento muscular, e o volante Guilherme, suspenso. Está tão confiante que já confirmou um time mais ofensivo em relação ao que empatou com o ABC em Natal. No lugar de Guilherme, os meias e mais ofensivos Henrique ou Ivo ou até o atacante Cleiton podem aparecer.

Em vez de soberba, a estratégia é interpretada como o momento de provar que, embora já se faça contas para o título, a equipe ainda precisa conquistar o acesso. "Não podemos achar que já subimos porque aí perdemos o foco e começa a complicar. Vamos jogo a jogo buscar o título e o acesso", falou o lateral direito Luis Ricardo, a outra novidade da Rubro-verde.

O Barueri ainda não definiu qual seu objetivo mais próximo, mas a Portuguesa não quer mais vacilar para, mantendo-se na primeira colocação, comemorar a volta à Série A o mais rápido possível. A ordem é colocar um fim de vez nos tropeços, ainda mais como mandante.

"O segundo turno é outra competição. As equipes não têm mais tempo de estudar os jogos e depois recuperar o tempo perdido. Cada jogo é uma final, não tem mais volta", disse o goleiro Weverton. "Estamos no caminho certo, mas dentro de casa não podemos empatar. Contra o Grêmio-SP, que tem atletas conhecidos, vai ser mais difícil", alertou.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X BARUERI

Local: estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 13 de setembro de 2011, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira e Marco de Andrade Motta Junior (ambos de SP)

PORTUGUESA: Weverton; Luis Ricardo, Rogério, Matheus e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Boquita, Marco Antônio e Henrique (Ivo ou Cleiton); Ananias e Edno
Técnico: Jorginho

BARUERI: Juninho; Daniel Marques, Diego Giaretta e Edson Borges; Marcos Pimentel, Alê, Anderson Pedra, Danilo Sacramento e Alex Maranhão; Marcelinho e Val Baiano
Técnico: Estevam Soares

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.