espalhar as Copas do Mundo - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lula parabeniza Fifa por espalhar as Copas do Mundo

Presidente do Brasil comentou escolha das sedes dos Mundiais de 2018 e 2022, realizada na quinta-feira

EFE |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva elogiou nesta sexta-feira a "sabedoria" da Fifa por ter promovido a descentralização das Copas do Mundo com a escolha da Rússia como sede de 2018 e do Catar em 2022.

"Considero extraordinária a decisão e a sabedoria da Fifa de espalhar os Mundiais. É necessário descentralizar e fazer as Copas em diferentes regiões do mundo. Por isso, parabenizo a Fifa", disse Lula.

O presidente disse que foi justa a escolha da Rússia, porque o país nunca tinha recebido uma Copa antes. Sobre o Catar, Lula afirmou que também é justo levar o evento a uma região que muitas vezes aparece na imprensa apenas pela violência no Oriente Médio ou pelo petróleo.

"Quem conhece o Catar sabe que eles têm um poderio econômico para fazer uma Copa excepcional", declarou. "Será interessante saber que o Brasil irá se preparar para jogar em Moscou em uma época do ano em que a Rússia está muito linda, verde e sem neve", acrescentou.

Sobre a organização da Copa em 2014 e as Olimpíadas em 2016, Lula disse que os investimentos são importantes pela dimensão que o país ganha internacionalmente. "Não se trata apenas de um evento esportivo. O país ganha visibilidade. Basta ver o que aconteceu com a China após as Olimpíadas de 2008", explicou.

Lula alegou ainda que o Brasil pretende organizar uma Copa "exemplar", mas sem "enforcar o povo brasileiro". "A única coisa que não pode acontecer é o Brasil perder em 2014, como fez em 1950. Porque isso seria um desastre econômico", finalizou, lembrando do 'Maracanazo', quando o Uruguai conquistou o título diante do Brasil em pleno Maracanã.

Leia tudo sobre: copa do mundofifafutebol internacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG