No Morumbi, time fez 2 a 1 no São Caetano no primeiro jogo após cirurgia de Rogério Ceni

A tarde para o torcedor do São Paulo neste sábado reservava homenagens a Rogério Ceni e a esperança de ver a equipe do Morumbi conquistar sua terceira vitória no Campeonato Paulista. A vitória veio com o placar de 2 a 1 sobre o São Caetano e Denis, o substituto do ídolo são-paulino, usou uma camisa com o nome do titular nas costas. E até gol de Luís Fabiano o torcedor comemorou.

Veja a classificação completa do Campeonato Paulista. O São Paulo é 100%

A jornada só não foi perfeita pelas consequências da partida. Luís Fabiano, capitão na ausência de Ceni, marcou seu primeiro gol no ano, o que abriu o placar para o São Paulo, chegou a acertar uma bola na trave, mas ainda no primeiro tempo deixou o campo com uma lesão muscular que preocupa.

Leia ainda: Advogado de Nilmar diz que salário atrasa acerto com São Paulo

De acordo com o médico são-paulino José Sanchez, o atacante sentiu uma lesão no músculo posterior da coxa direita, mas um diagnóstico do tempo de lesão só poderá ser dado na segunda-feira, após exame no local da contusão. “Só o exame mesmo vai definir o tamanho da lesão. Vamos tratar e na segunda-feira fazemos o exame. Mas para o meio de semana é difícil", disse o médico, descartando a utilização do atacante no jogo de quinta-feira, contra o Guarani, no Morumbi.

O São Caetano, que estava invicto no campeonato, se mantém com quatro pontos e se prepara agora para o jogo contra o XV de Piracicaba, quarta-feira.

O jogo
O São Paulo começou melhor, e com boa troca de passes entre seus homens de frente foi logo chegando com perigo ao gol rival. Na primeira grande chance, aos 8 minutos, Luís Fabiano recebeu passe de Lucas e como um pivô girou para chutar, mas acertou a trave.

O time da casa era melhor, mas deva espaço para o São Caetano contratar e por duas vezes deixou Moradei aparecer como elemento surpresa. O volante, porém, chutou para fora em ambas oportunidades. Na sequência, aos 15 minutos, Fernandinho deu bom passe para Luís Fabiano marcar seu primeiro gol no ano. O camisa 9 chutou firme para a abrir o placar.

Na comemoração, Luís Fabiano, capitão do time na ausência de Rogério Ceni, tirou a faixa do braço e puxou aplausos com a torcida em homenagem ao ídolo máximo do clube, que foi submetido a cirurgia no ombro direito na sexta-feira e pode ficar até seis meses afastados dos gramados.

A festa, porém, tirou a concentração são-paulina. No primeiro ataque do São Caetano após sofrer o gol já empatou. E não se pode dizer que o time do ABC não avisou como poderia levar perigo. O ex-corintiano Moradei chegou livre pela terceira vez na cara de Denis e com tranqüilidade driblou o goleiro antes de tocar para as redes.

Leia também: Diretoria do São Paulo mantém posição de rejeitar novo goleiro

O gol de empate relâmpago esfriou os ânimos do São Paulo e tudo piorou aos 31 minutos, quando Luís Fabiano contundiu-se sozinho e precisou ser substituído. Willian José entrou na vaga deixada pelo colega, mas pouco fez. O São Paulo ainda precisou contar com a sorte para não deixar o campo no primeiro tempo perdendo. Aos 44 minutos, Geovane bateu colocado da meia esquerda e Denis fez grande defesa de mão trocada.

Na volta do intervalo, otécnico Leão tentou melhorar a saída de bola so Sâo Paulo sacando Denílson pelo meia Maicon. A alteração melhorou a estrutura do time, que deixou de permitir o contra-ataque ao São Caetano, mas não mudou em nada a capacidade de criação de jogadas do time da casa.

O São Paulo pouco ofereceu ao time visitante e depositou todas suas fichas em Lucas, que pouco fez na maior parte do jogo. O jovem são-paulino enfrentava uma boa marcação dos volantes do São Caetano, mas num lampejo, aos 31 minutos do segundo tempo, acertou um chute forte de fora da área e contou com a falha do goleiro Luís para garantir o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA: SÃO PAULO 2 x 1 SÃO CAETANO
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 27 de janeiro de 2012, sábado
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Welton Orlando Wohnrath
Auxiliares: Jumar Nunes Santos e Leandro Matos Feitosa

Cartões amarelos: Fernandinho (SPA); Anselmo (SCA)
Renda: R$ 229.776,20
Público: 12.647 pagantes

Gols: Luís Fabiano, aos 15 e Moradei, aos 17 minutos do 1º tempo. Lucas, aos 31 minutos do 2º tempo.

SÃO PAULO: Denis; Iván Piris, João Filipe, Edson Silva e Cortês; Wellington, Denilson (Maicon), Cícero (Casemiro) e Lucas; Fernandinho e Luis Fabiano (Willian José). Técnico: Emerson Leão.

SÃO CAETANO: Luiz; Daniel (Thiago Silvy), Eli Sabiá, Preto Costa e Diego; Augusto Recife (Kleber), Moradei, Anselmo e Marcelo Costa; Betinho e Geovane. Técnico: Márcio Araújo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.