Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Luís Fabiano marca mais um gol e Sevilla passa fácil pelo Gijón

Time da Andaluzia foi aos 38 pontos no Espanhol, mesma pontuação do Bilbao, hoje classificado à Liga Europa

Gazeta |

Após algumas especulações acerca de seu futuro, o centroavante brasileiro Luís Fabiano mostrou que está focado no Sevila e voltou a marcar nesta terça-feira, abrindo caminho para a vitória tranquila do seu time sobre o Sporting Gijón por 3 a 0, jogando no estádio Ramon Sanchez-Pizjuán. Os gols da partida foram marcados por ele, de pênalti, Perotti e Negredo. 

Com o resultado, a equipe da Andaluzia chegou aos 38 pontos conquistados, mesma pontuação do Athletic Bilbao, primeiro classificado à Liga Europa. Já o Sporting Gijón segue ameaçado pelo rebaixamento, e pode entrar na zona da degola em caso de vitória de Zaragoza ou Almería nesta quarta.

Na próxima rodada, o time de Luís Fabiano visita o Bilbao no País Basco, enquanto o Gijón recebe o Getafe.

EFE
Atacante Luís Fabiano marcou o 1º do Sevilla
O jogo
A partida começou com os donos da casa pressionando, sem dar chances do Gijón respirar. Logo aos cinco minutos, Luis Fabiano teve a maior chance. Após um bombardeio de bolas na área, o centroavante brasileiro bateu bem e exigiu bela defesa do goleiro Cuellar. Porém, após outras duas boas intervenções, o arqueiro não teve chance.

Aos 28 minutos, Fabiano chegou na frente de Eguren após rebote e foi derrubado pelo zagueiro. Pênalti e expulsão do defensor. Na cobrança, o próprio Luís Fabiano bateu firme, no canto direito, e abriu o placar.

Com um homem a mais, os donos da casa não diminuíram o ritmo até marcar o segundo. Primeiro Fazio tenou de cabeça, mas parou em Cuellar. Logo depois, no entanto, veio o 2 a 0. Perotti aproveitou rebote da zaga, matou a bola e, sem deixar cair, acertou chute sem chances de defesa. Belo gol.

Na volta do intervalo, os anfitriões seguiram administrando a vantagem, e ampliaram com classe. Negredo recebeu e, frente a frente com Cuellar, mostrou muita categoria, dando um toque por cobertura e fazendo o terceiro.

Daí até o apito final, a equipe se limitou a trocar passes e esperar pelo final do embate, com um Sporting Gijón, completamente batido, apenas assistindo.

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhasevillaluis fabianogijon

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG