Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Luís Fabiano é mais artilheiro que Adriano

Com 30 anos, são-paulino supera o corintiano, um ano mais novo. "Imperador" ainda busca gol 200

iG São Paulo |

Divulgação
Luis Fabiano será apresentado pelo São Paulo nesta terça-feira
Adriano e Luís Fabiano serão protagonistas, a partir desta semana, de mais um capítulo da rivalidade aflorada nos últimos anos entre Corinthians e São Paulo. Mesmo sem intenção, os dois atacantes serão alvo de comparações quase que diárias de desempenho e do quanto podem render para seus novos clubes.

Antes de os dois estrearem, o que deve acontecer só em maio, no Brasileirão, já que ambos se recuperam de lesão, o iG levantou números* das carreiras destes dois astros do futebol brasileiro e a primeira conclusão é que Luís Fabiano leva, ao menos na média de gols, uma vantagem em relação a Adriano. O são-paulino tem 30 anos e o corintiano 29.

Luís Fabiano jogou 574 na carreira e marcou 279 gols. Já Adriano tem 419 jogos e 195 gols. Na média, o atacante são-paulino leva vantagem sobre o “Imperador”. Ele tem praticamente um gol a cada dois jogos, ou 0,53 por jogo. Adriano fica um pouco atrás com 0,46 gols por jogo.

Clubes de Luís Fabiano na carreira Jogos Gols
Ponte Preta (1998 a 2000) 63 25
Rennes-FRA (2000 a 2002) 11 0
São Paulo (2001 e 2002 a 2004) 160 118
Porto (2004) 27 3
Sevilla (2005 a 2011) 220 105
Seleção brasileira (desde 2003) 43 28
Total 574 279

Não é só na média total de gols na carreira que Adriano perde para Luís Fabiano. Pela seleção brasileira, o "Imperador" também está atrás do "Fabuloso". Ao todo, Adriano jogou 48 jogos com a seleção principal e marcou 27 gols. Com menos jogos, 43, Luís Fabiano marcou um gol a mais, 28.

Os dois jogaram juntos na seleção brasileira e o curioso desta relação é que talvez o gol mais importante de Adriano com a camisa amarela aconteceu depois de um passe de Luís Fabiano. Na final Copa América de 2004, no Peru, foi do atual camisa 9 do São Paulo que saiu a bola para que Adriano, nos acréscimos do segundo tempo, marcasse o gol de empate contra a Argentina. O placar de 2 a 2 levou a decisão para os pênaltis e o Brasil sagrou-se campeão. 

Clubes de Adriano na carreira Jogos Gols
Flamengo (2000 a 2001 e 2009 a 2010) 91 46
Internazionale (2001; 2004 a 2007 e 2008 a 2009) 174 71
Fiorentina (2002) 15 6
Parma (2000 a 2004) 44 26
São Paulo (2008) 28 17
Roma (2010 a 2001) 8 0
Seleção brasileira (2001 a 2010) 48 27
Seleção brasileira sub-23 (até 2004) 11 2
Total 419 195


Outra marca que favorece Luís Fabiano na disputa com o rival Adriano está no número de gols marcados. O "Fabuloso" já conseguiu atingir a marca de 200 gols como profissional. Para Adriano ainda faltam cinco. Adriano pode contestar o número se somar os 11 gols que marcou pela seleção brasileira sub-20.

Gazeta Press
Adriano já assinou contrato, mas o Corinthians não definiu a data de sua apresentação

O número de artilharias conquistadas por Adriano nos campeonatos que disputou também é inferior ao de Luís Fabiano. O são-paulino foi o goleador máximo de cinco torneios: Campeonato Brasileiro de 2002 (19 gols); Campeonato Paulista de 2003 (8 gols); Libertadores de 2004 (8 gols); Copa do Rey de 2009 (7 gols) e da Copa das Confederações de 2009 (5 gols).

Adriano fez três artlharias: Copa América (2004), Copa das Confederações (2005) e Brasileiro (2009).

No retorno ao São Paulo, Luís Fabiano também pode se tornar o maior artilheiro da história do clube. Ele já marcou 118 gols pelo time do Morumbi e é o 12º artilheiro da história do clube. Serginho Chulapa, com 242 gols marcados, lidera a estatística no São Paulo. Quando defendeu o clube, em 2008, Adriano marcou 17 gols em 28 jogos, média de 0,6 por jogo. Luís Fabiano tem média de 0,73 gols na sua primeira passagem.

*números de Rodolfo Rodrigues, do blog Futebol em números

Leia tudo sobre: corinthianssão pauloadrianoluís fabiano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG