Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Luís Fabiano diz que lesão não é grave

Atacante afirma, através de sua conta no Twitter, que ficará apenas um mês e meio fora do Sevilla

iG São Paulo |

EFE
Com fortes dores no joelho, Luis Fabiano precisou sair do gramado carregado
A contusão no joelho de Luís Fabiano não é tão grave quanto se imaginava. A informação partiu do próprio jogador do Sevilla, que se manifestou em sua conta no Twitter nesta segunda-feira. "Acabei a resonância, dos males o menor. Estarei um mês e meio sem jogar. Graças a Deus não foi grave", diz a mensagem postada pelo atleta.

O brasileiro saiu de campo na maca no jogo entre Sevilla e Athletic Bilbao, no domingo. Pouco após o incidente, o médico do clube mostrou-se preocupado. "No campo parecia grave, mas até a ressonância não teremos certezas", afirmou Juan José Jiménez na ocasião. "Segundo os exames que fizeram, poderia ser uma lesão não tão simples", reforçou o técnico Gregorio Manzano.

Nesta segunda, para esclarecer as dúvidas, o jogador foi submetido à ressonância magnética. O clube afirmou que o atleta sofreu uma distensão no tendão e confirmou que o tempo estimado de recuperação é de um mês e meio.

"Está descartada a ruptura do ligamento cruzado anterior", disse o presidente do Sevilla, José María del Nido. "Ele tem uma lesão importante, mas muito menor. Falamos de algo em torno de seis semanas fora do time", completou.

O dirigente ainda confirmou que fechou a compra da totatlidade dos direitos econômicos do jogador. Uma parcela pertencia a um grupo de investidores com quem o Sevila negociava há cerca de um ano. As partes, inclusive, chegaram a travar uma disputa judicial. "O Sevilla adquiriu cem por cento dos direitos de Luís Fabiano. Fizemos um acordo que entendo ser favorável ao clube", concluiu del Nido.

Leia tudo sobre: sevillaluís fabianoespanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG