Tamanho do texto

Presidente do Santos diz que não quer negociar nenhum jogador e ainda pretende manter atacante

Depois de afirmar que Neymar ficará no Santos após o título da Libertadores, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente da equipe da Vila, afirmou que não quer se desfazer de nenhum jogador se seu elenco enquanto estiver à frente do clube.

O dirigente fala em ciúme dos seus jogadores e diz, ainda, que tentará conversar com o Genoa para que a negociação que foi feita com Zé Eduardo seja desfeita.

Conheça o aplicativo Torcida Virtual e coloque seu time em 1º no ranking

“Não quero vender ninguém. O Alan Patrik me disse que tinha muita vontade de viver a experiência lá fora. Ano passado, ele já tinha conversado comigo e eu disse para ele ficar para ser campeão da Libertadores. Ele aceitou meu conselho. Na verdade, tenho ciúmes dos meus jogadores e, por mim, ficariam aqui até o fim da carreira e ia se tornar dirigente”, disse o emocionado presidente.

“Vou até tentar falar com o Genoa. A torcida quer que ele fique, o elenco também e o jogador também. Vamos ver se os italianos topam conversar com a gente”, completou.

Já de olho no Mundial de clubes, Luís Álvaro afirmou também que não consegue dar garantias de que os astros do time não serão vendidos e fala em objetivo de vida cumprido ao ver a taça da Libertadores indo novamente para a Vila Belmiro.

“Não dá para garantir nada, nem que eu vou estar vivo. Mas se eu não estiver vivo também já cumpri meu papel de vida”, finalizou.