Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Luís Álvaro diz que assumiu o Santos com R$ 71 milhões em dívidas

O atual presidente do clube ainda acusou Marcelo Teixeira de gastar R$ 20 milhões de juros, e de tentar sacar a verba do Campeonato Brasileiro 2010 depois de perder a eleição

Samir Carvalho, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859288605&_c_=MiGComponente_C

A guerra política no Santos não tem fim. O presidente do clube, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, revelou que assumiu o clube com uma dívida de R$ 71 milhões, e que o ex-presidente Marcelo Teixeira gastou R$ 20 milhões de juros em apenas dois anos. R$ 71 milhões em dívidas. Esse foi o clube que recebi do Marcelo, afirmou Luís Álvaro ao jornal A Tribuna.

O atual presidente, inclusive, detalhou a dívida deixada pelo antecessor. Segundo Luís Álvaro, o montante soma R$ 71, 965 milhões, somando R$ 6,667 milhões de impostos não recolhidos; R$ 48,82 milhões de empréstimos bancários e R$ 791 mil de fornecedores em atraso. Além de R$ 15,61 milhões de empréstimos da Universidade Santa Cecília, e R$ 6,7 milhões de dívidas a jogadores.

Luís Álvaro também acusou Marcelo Teixeira de tentar sacar a verba do Campeonato Brasileiro de 2010, depois de perder a eleição. Depois da eleição fomos convidados para uma festa do Clube dos 13. Lá descobrimos que ele estava tentando sacar uma importância muito considerável em cima do Campeonato Brasileiro de 2010. A operação estava sendo concluída, mas conseguimos abortar essa operação, disse o presidente, que criticou o antecessor por gastos sem controle.

Nesses últimos anos, o Santos gastou mais do que arrecadou. Em qualquer atividade econômica, de uma banca de camelô a uma quitanda de bairro ou uma grande multinacional, ou na vida pessoal, quem gasta mais do que ganha quebra, é inexorável, declarou.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG