Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lucio Flavio dá entrevista em tom de despedida no Botafogo

Meia chegou a se emocionar falando da passagem pelo clube carioca e do elogio que recebeu de um torcedor

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854291979&_c_=MiGComponente_C

O Botafogo está concentrado na disputa da última vaga da Copa Libertadores de 2011, mas alguns de seus jogadores já começam a definir o futuro na equipe. Um deles, o capitão Lucio Flavio, fez uma análise de sua passagem no Botafogo e falou em tom de despedida com os jornalistas. O contrato do meia vence no final dessa temporada e o jogador foi frequentemente vaiado por parte da torcida na atual temporada. Assim, a 'final' contra o Grêmio, no próximo domingo, no estádio Olímpico, pode ser a última partida do jogador com a camisa da equipe carioca. 

"Meu sentimento é de jogar o último jogo do ano e consequentemente tentar colocar o Botafogo nessa Libertadores, não quero pensar em algo que vai acontecer depois desse jogo. Se for analisar pelo período de contrato, vai ser meu último jogo com o Botafogo no ano, e pode ser meu último jogo pelo clube. É aproveitar bem essa última semana, curtir bem o clube e se eu tiver que sair, vou sair feliz", declarou o jogador.

Neste Campeonato Brasileiro, o meia marcou quatro gols e deu quatro assistências para gol, tornando-se titular absoluto da equipe após a lesão do meia Maicosuel, que rompeu os ligamentos do joelho no final de setembro. Recordando os quatro anos em que esteve no clube, Lucio Flavio se emocionou na coletiva ao comentar sobre os títulos e um encontro com um torcedor botafoguense.

"Me recordo que cheguei aqui no Botafogo para assinar o contrato no dia 26 dezembro de 2005. Em todos os anos que estive aqui, tive a oportunidade de disputar todas as finais do Campeonato Carioca e de ganhar dois títulos. O que me marcou foi um torcedor que veio me falar que eu era um dos jogadores mais importantes dos últimos dez anos para o clube. Nunca tinha visto ele, era um torcedor comum, mas que foi lá me abraçar. Aquilo me emocionou muito e valeu mais do que qualquer vaia", desabafou Lucio Flavio.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG