Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lúcio e Miralles sobram do banco do Grêmio pela terceira vez

Celso Roth alega questões técnicas para não aproveitar a dupla. Direção descarta negociá-los

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Pelo terceiro jogo seguido, Lúcio e Miralles não serão aproveitados no Grêmio . Celso Roth alega “questões técnicas” para o afastamento da dupla que sequer ficará no banco de reservas contra o Atlético-PR, domingo, no Olímpico. A direção, ao mesmo tempo em que aprova a decisão do treinador, descarta negociar os jogadores.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“Estão à disposição do técnico. Não serão emprestados ou negociados”, disse o diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe.

O “gancho” começou após a derrota para o Atlético-GO, partida em que o lateral entrou no segundo tempo e o atacante foi titular. Eles também sobraram do Gre-Nal e do confronto contra o Corinthians. O entendimento interno, embora não admitido publicamente, é que Lúcio está em má forma física e Miralles não se dedica nos treinamentos.

“Não perdi a confiança neles. Estão trabalhando e quando eu achar que eles têm condições, serão relacionados”, disse Roth.

Neste sexta-feira, aliás, Miralles nem treinou no time reserva que enfrentou o titular em trabalho tático. Aprimorou as finalizações em gol sob orientação do auxiliar Roger Marques. Lúcio, com dores musculares na panturrilha direita, não treinou. O meia Pessalli e o atacante Diego Clementino têm sido as alternativas do treinador.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011lúciomiralles

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG