Jogador disputava posição com Alessandro, mas foi titular nas últimas quatro partidas seguidas do time

Desde o início do Campeonato Brasileiro , a lateral-direita era a posição que mais surpreendia os torcedores do Botafogo . Em algumas partidas, Lucas era o escolhido pelo técnico Caio Júnior para começar entre os titulares. Em outras, Alessandro fazia a função no setor em uma espécie de rodízio aprovado pelos dois jogadores . Porém, com as últimas boas atuações, Lucas parece finalmente ter conquistado a posição na equipe.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Titular nos últimos quatro jogos seguidos do Botafogo, contra Palmeiras , Fluminense e Atlético-MG (pelo Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana), Lucas acredita que ganhou a vaga ao melhorar no aspecto defensivo, atacando apenas nos momentos certos. "É prazeroso poder se adaptar bem ao que o treinador passa. Procurei me encaixar nessa ideia, primeiro defender e saber atacar na hora certa. É visível a evolução, mas estou disposto a melhorar para ajudar os companheiros e o Botafogo", disse o jogador.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

O interessante é que, apesar da torcida frequentemente vaiar o ex-titular Alessandro, ele ainda tem números superiores aos do companheiro de posição em algumas estatísticas no Campeonato Brasileiro. A média de cruzamentos certos do primeiro é de 1,1 por jogo, contra 0,9 de Lucas. Nos desarmes, outra vantagem para Alessandro, com média de 2,1 por partida, contra 1,8 do companheiro. Os números são da Footstats e estão disponíveis para iPhone e iPad.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

A diferença de estilo entre os dois jogadores também fica clara em alguns números. Enquanto Lucas é mais ofensivo e tenta mais o drible, Alessandro mantém mais a posição. Por isso, nas fintas corretas a vantagem é de Lucas, com média de 1,1 por jogo, contra apenas 0,4 de Alessandro. Por tentar mais o drible, Lucas também lidera em perdas de bola, com 3,2 por partida em média, contra 1,5 de Alessandro.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Feliz com o momento como titular, Lucas também comemora a boa campanha do Botafogo como mandante no Engenhão, com nove vitórias e dois empates. Para o lateral, o time está adaptado ao tamanho do campo e ao tamanho do campo. "É a nossa casa, estamos acostumados e conhecemos bem os espaços. Procuramos impor nosso ritmo de jogo para fazer os gols e nos defendermos bem. Os adversário já sabem a força do Botafogo e a da torcida", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.