Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lucas rejeita perfil de líder para substituir Ceni e L. Fabiano

Jovem meia-atacante assumiu o posto de capitão na vitória deste sábado contra o São Caetano, no Morumbi

Gazeta |

O meia-atacante Lucas está disposto a ser um ícone do São Paulo para decidir os jogos, como ocorreu neste sábado diante do São Caetano . No entanto, ele não quer ser cobrado para ter um espírito de liderança, principalmente nas próximas partidas em que nomes mais experientes como Rogério Ceni e Luís Fabiano serão desfalques.

Veja a classificação do São Paulo no Campeonato Paulista

"Sou jovem, não tenho perfil de líder da equipe, de capitão, é mais para zagueiro ou goleiro, pessoal que tem mais experiência. Minha missão é deixar a torcida alegre com gols", diz o camisa 7.

Vipcomm
Meia-atacante marcou um gol na vitória do São Paulo neste sábado
Sem a presença de Ceni, vítima de uma cirurgia no ombro direito, e Luis Fabiano, em virtude de uma lesão muscular, o goleiro Denis assumiu o posto de capitão na vitória deste sábado contra o São Caetano, no Morumbi , pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Caso retorne ao time no jogo de quinta-feira contra o Guarani, o zagueiro Rhodolfo tem chances de exercer a função.

Para Lucas, a prioridade é pensar em formas de ajudar o São Paulo na parte técnica. "Quando o jogo está empatado, você quer marcar gols, dar passes aos companheiros. Eu fui abençoado de ajudar o time contra o São Caetano", exaltou o autor do gol do triunfo por 2 a 1, em um chute de fora da área, da meia direita.

Diante do São Caetano, Lucas ainda arriscou um drible ousado, mostrando o motivo de ser considerado uma das revelações do futebol brasileiro. No fim da partida, ele apostou na ponta direita no lance conhecido como lambreta ou carretilha, que levou o torcedor do São Paulo à loucura no Morumbi.

Leia mais: São Paulo repete início arrasador de seu último título paulista

"O marcador ficou irritado, ninguém gosta de levar o drible, mas tudo bem, minha forma de jogar é ir para cima. Naquele momento, eu também queria segurar a bola, a única forma era dar o drible", comenta.

 

Leia tudo sobre: são paulolucascampeonato paulista 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG