Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lucas diz que disputa posição com Robinho na seleção brasileira

Garoto de 18 anos começa a Copa América como reserva, mas pode tomar lugar de Robinho, em baixa com Mano Menezes

Marcel Rizzo e Paulo Passos, enviados iG a Los Cardales |

Caçula da seleção brasileira na disputa da Copa América, em julho, Lucas , 18 anos, ganhou vaga na equipe principal depois de uma ótima atuação no Sul-Americano sub 20 do Peru, em janeiro. Protagonista no torneio que classificou o Brasil para as Olimpíadas de Londres , Lucas começa como reserva agora na Argentina, mas ele sabe com quem disputa posição: Robinho .

“Eu jogo mais no estilo do Robinho, mas também posso jogar como meia centralizado. Depende do treinador, mas sei que neste momento estou tentando buscar meu espaço. Acho possível jogarmos juntos eu, Neymar , Ganso , até o Robinho”, disse Lucas neste sábado no hotel no qual a seleção está concentrada em Los Cardales, cidade a 60 km de Buenos Aires.

Divulgação
Lucas, que briga por uma vaga na equipe titular, fez o trabalho de fortalecimento muscular neste sábado


Robinho foi titular com Mano Menezes sempre quando esteve convocado, mas o prestígio tem diminuído por não ter conseguido jogar bem. De capitão, como foi nos cinco primeiros jogos, Robinho perdeu a tarja para Lúcio, que retornou à equipe. Além disso, nem foi convocado para o amistoso contra a Escócia , dia 27 de março, em Londres, segundo o treinador para descansar.

E o principal candidato a ocupar a vaga de Robinho é Lucas. Fundamental, ao lado de Neymar, no Sul-Americano, o jogador do São Paulo teve a primeira chance na equipe principal justamente contra os escoceses e, nos amistosos seguintes, teve o nome pedido pela torcida , principalmente no estádio Serra Dourada, em Goiânia, no empate por 0 a 0 contra a Holanda.

“Eu fiquei muito feliz de ter o nome gritado, algo que não esperava, sou muito novo, mas mostra que sou querido não só pela torcida do São Paulo, mas também pelo povo brasileiro. Foi maravilhoso”, disse Lucas.

Solta a bola
Correr com a bola dominada é uma marca registrada de Lucas, mas ele contou que está tentando mudar um pouco essa característica. “Me dão dicas, sou novo ainda, mas acho que em alguns momentos corro demais com ela sim (a bola). É importante pegar a bola e partir para dentro, mas tem que saber a hora certa. E estou aprendendo”.

Os jogadores da seleção fizeram um treino físico pela manhã deste sábado, na academia de hotel, e à tarde o trabalho será em um dos campos. Mano só deve realizar o coletivo, porém, no trabalho na manhã deste domingo.

Leia tudo sobre: Lucasseleção brasileiraCopa América 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG